- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade ENDE desactiva 50 postos de transformação de energia geridos por privados

ENDE desactiva 50 postos de transformação de energia geridos por privados

Mais de 50 postos de transformação (PT) de energia eléctrica, geridos por privados, serão desactivados no município de Belas e substituídos por outros da ENDE, com a entrada em funcionamento de duas subestações, em Julho, no âmbito do projecto de electrificação domiciliar em Luanda.

O porta-voz da Empresa de Distribuição de Electricidade (ENDE), Pedro Bila, em declarações à Angop, disse que a gestão pública dos PT vai permitir que os novos clientes paguem o consumo a preços razoáveis, através do sistema pré ou pós-pago.

As duas subestações, cujas obras devem ser concluídas em breve, vão beneficiar mais de 25 mil famílias dos distritos da Vila Verde e Morro dos Veados, com realce para os bairros Zona Verde, Salinas, Tendas e Mundial.

Cidadãos residentes nos bairros Zona Verde e Tendas afirmam que, pelo contrato com os PT privados, pagavam 150 a 200 mil kwanzas e por mês o valor de quatro a cinco mil, para além dos gastos com o combustível para os geradores, já que o fornecimento era irregular.

O projecto, financiado pela Linha de Crédito da China, repartido pelos municípios de Luanda, Viana, Belas, Kilamba Kiaxi, Talatona, Cazenga, Icolo e Bengo e Cacuaco, tem como objectivo elevar a taxa de electrificação, mediante o fornecimento e construção de novas infra-estruturas.

Orçado em mais de 600 milhões de dólares norte-americanos, o projecto foi consignado em 2016 e tem o seu término previsto para Agosto próximo. Durante este período, serão montadas nove subestações eléctricas de 60/15 kv e 60/30 kv, mil postos de transformação, construção de linhas de alta tensão e montagem de contadores pré-pagos mono e trifásicos.

- Publicidade -
- Publicidade -

COVID-19: Casos da doença em Moçambique ascendem a 409 com mais 55 nas últimas 24 horas

O ministro da Saúde de Moçambique anunciou mais 55 casos do novo coronavírus, aumentando o total de acumulados para 409, dos quais 14 são...
- Publicidade -

Três gerentes da DirecTV, alvo de ordem de captura, se entregam na Venezuela

Três directores da plataforma por satélite DirecTV na Venezuela se entregaram nesta sexta-feira (5) às autoridades, que ordenaram sua captura após o encerramento das...

Covid-19: Sobe para 88 casos positivos e 24 recuperados em Angola

Angola registou, nas últimas 24 horas, mais dois casos positivos e três recuperados da covid-19, informou hoje, sábado, o secretário de Estado para a...

Portugal: Angolanos contam com posto fixo para emissão do BI

Os angolanos residentes em Lisboa, que pretendam tratar o Bilhete de Identidade e o Registo Criminal, vão contar, a partir de segunda-feira (08) ,...

Notícias relacionadas

COVID-19: Casos da doença em Moçambique ascendem a 409 com mais 55 nas últimas 24 horas

O ministro da Saúde de Moçambique anunciou mais 55 casos do novo coronavírus, aumentando o total de acumulados para 409, dos quais 14 são...

Três gerentes da DirecTV, alvo de ordem de captura, se entregam na Venezuela

Três directores da plataforma por satélite DirecTV na Venezuela se entregaram nesta sexta-feira (5) às autoridades, que ordenaram sua captura após o encerramento das...

Covid-19: Sobe para 88 casos positivos e 24 recuperados em Angola

Angola registou, nas últimas 24 horas, mais dois casos positivos e três recuperados da covid-19, informou hoje, sábado, o secretário de Estado para a...

Portugal: Angolanos contam com posto fixo para emissão do BI

Os angolanos residentes em Lisboa, que pretendam tratar o Bilhete de Identidade e o Registo Criminal, vão contar, a partir de segunda-feira (08) ,...

Milhares vão às ruas do Reino Unido contra o racismo e a violência policial

Neste sábado (6), protestos no Reino Unido contra o racismo e a violência policial ecoaram as manifestações que ocorrem nos Estados Unidos em decorrência...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.