Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Detidos suspeitos de assassinato de moto-taxista no Lobito

(Foto: Osmar Edgar)

Dois dos três supostos autores do homicídio do moto-taxista Carlos César, de 25 anos, ocorrido a 25 de Maio deste ano, na periferia da cidade do Lobito (Benguela), foram apresentados nesta terça-feira, pelo Comando Municipal da Polícia Nacional.

Segundo apurou a Angop, a operação policial que culminou com a detenção dos alegados marginais demorou dez dias, facilitada por uma denúncia de populares do bairro da Lixeira, zona Alta da cidade do Lobito, onde foi localizado o chefe do grupo, João Chicamo Cameia, de 20 anos.

Este, por seu turno, indicou a residência do seu comparsa João Carlos Manuel, da mesma idade, enquanto o terceiro indivíduo, um suposto ex-militar, que terá disponibilizado a arma de fogo do tipo AKM, utilizada no crime, está foragido até ao momento.

O porta-voz do Comando Municipal da Polícia Nacional no Lobito, Paulo Cângue, explicou que um dos meliantes fazia-se passar por passageiro e solicitou o serviço de moto-táxi, tendo, de seguida, coagido a vítima a levá-lo a um local aonde se encontravam os outros dois comparsas, que de imediato tiraram a chave da motorizada ao proprietário.

Na sequência da resistência do moto-taxista, um deles disparou a queima-roupa, tendo os três tiros atingindo os membros inferiores e superiores, assim como o peito de Carlos César, que, por volta das 20 horas, acabou por sucumbir aos ferimentos.

A motorizada de marca Yamaha, de 150 centímetros cúbicos, não foi encontrada porque os marginais a venderam a desconhecidos, por um “preço muito abaixo do seu real valor”, segundo Paulo Cângue.

Adiantou ainda que, neste mesmo dia, este grupo tinha igualmente interceptado um outro moto-taxista, mas sem conseguir atingir os seus propósitos, já que aquele teria escapado, embora ferido com um tiro de raspão nas costas.

O grupo, que se dedicava a furtos de motorizadas à mão armada, viu-se forçado a mudar-se de Benguela, onde actuava, para o Lobito, na tentativa de escapar às buscas por parte da polícia, nos bairros mais perigosos da cidade das Acácias Rubras.

Entretanto, os dois marginais foram encaminhados para a prisão da Comarca do Lobito, enquanto decorre o processo-crime para julgamento.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »