- Publicidade-
Rádio Calema
Inicio Economia IDA necessita de três mil técnicos para extensão rural

IDA necessita de três mil técnicos para extensão rural

O Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA) necessita de três mil novos técnicos, para garantir a assistência técnica e extensão rural no país, visando o aumento da produção através do processo de mecanização.

Ao avançar hoje a informação à Angop, o director-geral adjunto do IDA, José Fernandes, à margem do Iº Fórum provincial de Desenvolvimento económico local”, adiantou que a instituição conta apenas com 800 técnicos.

Para colmatar este défice, o Ministério da Agricultura e Florestas vai, ainda este ano, no âmbito do reforço de pessoal qualificado, enquadrar alguns técnicos.

Ainda este ano, disse, a instituição começou a introduzir a moto cultivadora e a charrua de atracção animal, para o aumento da produção.

Realçou que instituição recebeu do OGE revisto uma verba de oito mil milhões de kwanzas, contra cinco mil milhões dos anos anteriores, representando um aumento na ordem de 35 por cento.

Com este valor, o IDA apenas poderá apoiar em termos de assistência técnica, um pouco mais de 200 mil famílias, ao contrário das três milhões e 500 previstas.

Em 2018, a área cultivada do país atingiu 5,6 milhões de hectares, dos quais 92 por cento foram preparados pelo sector familiar, e 8 por cento pelo sector empresarial.

Na cerimónia de abertura do fórum, a governadora da província, Mara Quiosa, sublinhou que com a realização do encontro se pretende obter subsídios, propostas e reflexões que ajudem a encontrar as melhores soluções para a diversificação da economia como fonte de desenvolvimento local.

“Esperamos resultados concretos na satisfação das nossas dúvidas e incertezas sobre os passos a dar daqui para a frente, de modo a potenciar o empresariado local, as cooperativas e associações, assim como nos debruçarmos sobre os mecanismos mais adequados e viáveis para fazer acontecer o desenvolvimento local, disse a governadora.

O primeiro fórum provincial de desenvolvimento económico local decorreu sob o lema “Diversificação da economia, fonte de desenvolvimento local” e abordou temas ligados ao turismo como fonte de diversificação da economia, políticas ambientais e a sua contribuição na execução do plano económico regional.

O transporte e mobilidade no desenvolvimento económico, os desafios e oportunidade de sector agrário no desenvolvimento económico local, a formação profissional, a banca e o programa de financiamento aos projectos locais foram igualmente analisados.

- Publicidade -
- Publicidade -

Eleições gerais na Bolívia serão em 6 de Setembro

Inicialmente programadas para 3 de maio e adiadas por causa do coronavírus, as eleições gerais na Bolívia serão em 6 de setembro - anunciou...
- Publicidade -

Ruanda expulsa diplomatas por comemorações antecipadas do genocídio

O Governo do Ruanda acusa dois diplomatas belgas de organizarem uma comemoração do massacre. O evento terá ocorrido a 6 de Abril, um dia...

João Lourenço diz que Angola está a controlar a pandemia

O Presidente angolano considerou esta terça-feira (02.06), em Luanda, que o país tem dado uma boa resposta à pandemia da Covid-19, com a subida...

“Não se pode negociar a vitória do PAIGC nas legislativas”

Os partidos guineenses ainda não chegaram a um consenso sobre a formação de um novo Governo. Em entrevista à DW, a vice-presidente do PAIGC...

Notícias relacionadas

Eleições gerais na Bolívia serão em 6 de Setembro

Inicialmente programadas para 3 de maio e adiadas por causa do coronavírus, as eleições gerais na Bolívia serão em 6 de setembro - anunciou...

Ruanda expulsa diplomatas por comemorações antecipadas do genocídio

O Governo do Ruanda acusa dois diplomatas belgas de organizarem uma comemoração do massacre. O evento terá ocorrido a 6 de Abril, um dia...

João Lourenço diz que Angola está a controlar a pandemia

O Presidente angolano considerou esta terça-feira (02.06), em Luanda, que o país tem dado uma boa resposta à pandemia da Covid-19, com a subida...

“Não se pode negociar a vitória do PAIGC nas legislativas”

Os partidos guineenses ainda não chegaram a um consenso sobre a formação de um novo Governo. Em entrevista à DW, a vice-presidente do PAIGC...

Jogadores da Bundesliga pedem justiça por George Floyd

Em tempos de manifestações contra a brutalidade policial e o racismo nos EUA, na Bundesliga, jogadores uniram-se em homenagem a George Floyd. Mas o...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.