Portal de Angola
Informação ao minuto

Estado recupera mais de 9 mil milhões de kwanzas em cinco meses

(Foto: Simon Dawson)

O Regime Excepcional de Regularização de Dívidas Fiscais e Aduaneiras, que o Estado adoptou a 28 de Dezembro do ano passado e cujo prazo de adesão voluntária termina no final deste mês, já permitiu a arrecadação, até 4 de Junho, de mais de nove mil milhões de kwanzas, soube o Jornal de Angola de fonte afecta ao Centro de Estudos Tributários (CET) da Administração Geral Tributária (AGT).

A adesão voluntária ao Regime Excepcional de Regularização de Dívidas Fiscais, Aduaneiras e à Segurança Social, à semelhança do perdão fiscal que foi aprovado com a Lei n.º 20/14, de 22 de Outubro, termina a 30 de Junho, mas os contribuintes que durante os primeiros seis meses do ano recorreram às repartições fiscais para esse fim, ainda têm até 31 de Dezembro do presente ano para liquidar as dívidas sem juro e sem multas.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »