Portal de Angola
Informação ao minuto

Governo de Cabinda nega existir hotel com 600 quartos

Vista parcial da cidade de Cabinda (DR)

Angop

O secretário provincial do Comércio e Hotelaria em Cabinda, João Macaia Tati, afirmou não existir, na cidade de Cabinda, nenhuma unidade hoteleira em construção, com 600 quartos, a ser inaugurado a 01 de Julho próximo.

João Macaia Tati, falava sábado em conferência de imprensa em reacção à notícia publicada no dia 06 pelo Jornal de Angola, que citava a agência Lusa, dando conta da existência em Cabinda de uma unidade hoteleira, a ser inaugurada a 01 de Julho, com 600 quartos, piscinas, campos de jogos e ténis, a três quilómetros da base de Malongo.

“Quero aqui afirmar, como responsável pela área de hotelaria e comércio, que não existe nenhuma unidade em Cabinda desta dimensão. E se existe nunca fomos contactados como entidade que regula e licencia esta actividade”, declarou.

Informou que o município sede de Cabinda conta com oito hotéis e a maior unidade é a do Chiazi com 132 quartos.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »