Portal de Angola
Informação ao minuto

Presidente do Zimbabué que reintroduzir moeda nacional própria

Emmerson Mnangagwa (DR)

Observador|Lusa

O Presidente do Zimbabué, Emmerson Mnangagwa, afirmou esta sexta-feira, 07, que espera reintroduzir uma moeda nacional, defendendo que esta é uma medida essencial para o desenvolvimento do país.

“Como país, devemos ter a nossa moeda”, disse o Presidente, num subúrbio da capital, Harare, citado pelos ‘media’ locais, acrescentando que “um país não se pode desenvolver usando a moeda de outros países sem a sua própria moeda”.

O Presidente recordou as consequências da elevada inflação há cerca de dez anos.

“Entre 2008 e 2009, a moeda do nosso país desvalorizou e algumas pessoas tornaram-se milionárias e bilionárias devido à elevada inflação”, afirmou Mnangagwa, citado pelo diário estatal Herald.

“Na ocasião, o Governo decidiu adoptar um regime de múltiplas divisas, onde começámos a usar o dólar americano, o rand [sul-africano], a libra esterlina [britânico] e o pula [do Botsuana] para transações.

Foi uma medida política para responder aos desafios que enfrentávamos na altura. No entanto, não podemos continuar a avançar sem a nossa própria moeda. A África do Sul tem a sua própria moeda e quando lá vamos com dólares americanos ou com euros, temos de convertê-los para randes antes de fazer transações”, concluiu.

O chefe de Estado voltou então a defender a adopção de uma divisa própria.

“Uma moeda apenas pode ser emitida pelos seus proprietários, e a única maneira de a obter é através de exportações, remessas da diáspora ou investimento estrangeiro, mas enquanto país, devemos ter a nossa própria moeda”, concluiu, explicando que, com a adoção de uma moeda própria, deixará de ser possível adotar divisas estrangeiras em transações locais.

Em fevereiro, o Zimbabué anunciou a adoção do sistema de dólares de transferência bruta em tempo real (designado RTGS), abandonando a paridade dos dólares RTGS com o dólar norte-americano.

No poder desde o afastamento de Robert Mugabe em novembro de 2017, Mnangagwa venceu as eleições presidenciais de 30 de julho do ano seguinte e prometeu relançar a Economia e lutar contra a corrupção.

No início dos anos 2000, a expulsão de agricultores brancos resultou numa crise que levou à queda da moeda e hiperinflação.

Por não conseguir controlar a desvalorização, em 2009 o regime de Robert Mugabe abandonou a sua moeda e adoptou o dólar americano.

No entanto, a escassez do dólar levou a uma quase paralisação da Economia do país.

Em 2016, o Governo tentou remediar a situação com a introdução de “notas de obrigação”, títulos que teriam um valor semelhante ao dólar americano, mas a falta de confiança dos operadores económicos levou à usa rápida desvalorização.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »