- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Governos Provinciais Governo Provincial de Benguela Governador de Benguela promete isentar pagamento de luz e água a deficientes...

Governador de Benguela promete isentar pagamento de luz e água a deficientes visuais

Angop

O governo provincial de Benguela vai apoiar alguns membros da Associação Provincial de Apoio aos Deficientes Visuais (APADV), com a isenção do pagamento de energia eléctrica e água potável, afirmou o titular da pasta, Rui Falcão.

Segundo o responsável, que falava durante uma visita que efectuou àquela associação, visando aferir as dificuldades dos seus filiados, dentro de alguns dias, o governo vai definir um grupo de trabalho, coordenado pela vice-governadora para o sector social, económico e político, Deolinda Valiangula, um representante dos sectores da Educação, Saúde, Energia e Águas e Acção Social, para resolver os problemas que afectam esses cidadãos.

“A equipa a ser criada vai analisar quem é e onde cada associado vive, para que o grupo da Acção Social possa fazer o levantamento, em coordenação com a equipa da Energia e Águas, e encontrar uma forma de isentar as suas casas do pagamento destes serviços”, disse Rui Falcão.

Segundo o governante, para além deste levantamento nominal, será preciso também especificar o tipo de apoio para cada membro, de modo a, paulatinamente, o governo resolver os problemas dos deficientes visuais.

“Também não vamos conseguir tudo de uma só vez, nós precisamos saber exactamente quais são os deficientes visuais e outros que têm casa e dificuldade de pagar água e luz, para resolver alguns dos problemas que estão aqui”, disse.

Quanto ao apoio em transporte, Rui Falcão disponibilizou-se em ajudar a associação sempre que esta necessitar, contactando a secretária do governo, enquanto não houver uma viatura para entregar à instituição.

O responsável adiantou, por outro lado, que, no caso de saúde, será atribuído um cartão para que os deficientes sejam atendidos com prioridade, enquanto na área do emprego garantiu ver aquilo que são as funções de base para poder resolver paulatinamente estes problemas.

Associação Provincial de Apoio aos Deficientes Visuais (APADV) controla 2.873 deficientes, dos quais 1.844 visuais e 1.029 deficientes com problemas motores e sensoriais.

Participaram da visita, os directores provinciais da Saúde, Educação, Família e Promoção da Mulher e representantes dos deficientes vindos de vários municípios da província de Benguela.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.