Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Correio de droga morre no aeroporto de Lisboa

(DR)

Um cidadão estrangeiro morreu na manhã de sexta-feira, 07, no Aeroporto de Lisboa após complicações decorrentes do transporte de estupefacientes no interior do seu organismo.

Segundo um comunicado do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a entrada do cidadão tinha sido recusada por “não comprovação do objetivo da estadia em território nacional”.

Durante os procedimentos de admissão no Espaço Equiparado a Centro de Instalação Temporária (EECIT) do aeroporto, o passageiro colapsou, tendo sido, de imediato, acionados todos os mecanismos médicos para assistência ao cidadão, no local, nomeadamente o INEM. Apesar das várias tentativas de reanimação, o mesmo veio a falecer pelas 12.40 horas.

De acordo com o JN, um outro cidadão que, naquele momento, estava igualmente ser instalado no EECIT, ao aperceber-se da situação, declarou também ele transportar 90 bolotas de produto estupefaciente no interior do seu organismo.

O passageiro foi transportado para o hospital de São José, onde ficará em observação e, posteriormente, será entregue à Polícia Judiciária, assim como o produto estupefaciente.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »