Radio Calema
InícioAngolaPolíticaPGR apela à denúncia popular de casos de corrupção através de SMS

PGR apela à denúncia popular de casos de corrupção através de SMS

A Procuradoria-Geral da República (PGR) divulgou hoje uma mensagem via telemóvel onde apela a todos os cidadãos para que denunciem os casos de corrupção com que se deparem de forma a contribuírem para “uma Angola sem corrupção”.

“juntos por uma Angola sem corrupção. Diga não à corrupção! Denuncie. Direcção Nacional de Prevenção e Combate à corrupção da PGR”, este é o teor da SMS enviada hoje pela PGR, embora o texto seja em letras maiúsculas, para significar um “grito” contra este crime e de convencimento das pessoas para a importância desse gesto.

Álvaro João, director do gabinete de comunicação da PGR, explicou ao NJONline que esta mensagem tem como pano de fundo um apelo às pessoas para fazerem a denúncia de quaisquer casos que presenciem ou que tenham sido involuntariamente envolvidos.

“Isto, porque é importante que todos nós compreendamos que temos um papel decisivo no combate a este crime”, disse.

O responsável pela comunicação da PGR sublinhou ainda que a medida – o envio deste apelo via SMS – está contemplada no livro que contém o Plano Estratégico de Combate à Corrupção 2018-2022, lançado no ano passado.

“É igualmente objectivo construir uma convicção na sociedade angolana da importância da educação jurídica, porque um cidadão conhecedor dos meios existentes e da importância de a eles recorrer, é um cidadão mais apto para contribuir para uma sociedade melhor”, sublinhou ainda Álvaro João.

Recorde-se que o combate à corrupção foi um dos pilares mais importantes da mensagem política que sustentou a campanha do Presidente da República, João Lourenço, e esteve em presença contínua durante as suas intervenções políticas de fundo, nomeadamente aquela que sucedeu à sua tomada de posse, a 26 de Setembro de 2017.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.