Portal de Angola
Informação ao minuto

Cristina Kirchner será ré em novo julgamento por corrupção

(AFP/Arquivos / Eitan ABRAMOVICH) A ex-presidente argentina Cristina Kirchner chega a uma corte federal em Buenos Aires no dia 3 de setembro de 2018.

A ex-presidente argentina Cristina Kirchner será submetida a um novo julgamento por uma suposta cobrança de subornos dos maiores empresários de obra pública do país, segundo uma decisão do juiz Claudio Bonadio publicada nesta quinta-feira pelo Centro de Informação Judicial.

Kirchner, de 66 anos, que foi presidente de Argentina entre 2007 e 2015, é acusada também de ter recebido subornos em troca de concessões em obras públicas.

Segundo a France Press, os procuradores públicos e o tribunal de apelação devem agora confirmar a realização do julgamento e, eventualmente, sua data.

A líder do peronismo de esquerda é senadora desde 2017 e goza, portanto, de foro parlamentar. Nas eleições de outubro, ela será candidata à vice-presidência da Argentina, na chapa liderada por seu ex-chefe de gabinete Alberto Fernández.

Junto com Cristina Kirchner, também será julgado seu ex-ministro do Planeamento, Julio de Vido. No total serão 156 empresários e ex-funcionários do governo.

Esse processo deriva do caso conhecido como “Os cadernos de corrupção”, ainda em fase de investigação, que trata de supostos subornos a empresários no valor de mais de 160 milhões de dólares em pastas cheias de dinheiro.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »