Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

YouTube promete banir canais que reproduzam discurso de ódio

Youtube (CC BY-SA 2.0 / Esther Vargas / Youtube)

A plataforma de compartilhamento de vídeos mais acessada da internet anunciou nesta quarta-feira (05) planos para se livrar de milhares de vídeos e canais que promovam discurso de ódio, disse a empresa.

“Hoje, estamos dando outro passo em nossa política de discurso de ódio proibindo especificamente os vídeos alegando que um grupo é superior para justificar discriminação, segregação ou exclusão com base em qualidades como idade, sexo, raça, casta, religião, orientação sexual”, disse o YouTube.

A empresa enfatizou que era sua “responsabilidade proteger isso e impedir que nossa plataforma fosse usada para incitar o ódio, o assédio, a discriminação e a violência”.

A empresa acrescentou que os canais que enviam conteúdo odioso, mas não violam as regras da plataforma na maioria de seus vídeos, podem receber avisos do YouTube, caso haja reincidência, o canal seria proibido

Isso acontece depois que, em Março, outro gigante da tecnologia, o Facebook, anunciou a proibição do “elogio, apoio e representação do nacionalismo branco e do separatismo branco”. De acordo com o Facebook, esses conceitos estão “profundamente ligados a grupos de ódio organizados e não têm lugar” em seus serviços.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »