- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Trump no Reino Unido: Entre protestos e promessa de "acordo ambicioso"

Trump no Reino Unido: Entre protestos e promessa de “acordo ambicioso”

Protestos nas ruas de Londres marcaram o segundo dia da visita do Presidente dos EUA ao Reino Unido. Donald Trump deixou a promessa de celebração um “acordo comercial ambicioso”, se o Reino Unido sair da União Europeia.

Milhares de manifestantes, incluindo o líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, concentraram-se esta terça-feira (04.06), no centro de Londres, para protestar contra a visita de Estado do Presidente dos Estados Unidos ao Reino Unido.

“Somos novos, somos velhos, somos brancos, somos negros, somos deficientes, somos LGBT, somos um mosaico completo de diversidade e inclusão”, saudou Corbyn, citado pela DW África, num discurso perante os manifestantes.

Dirigindo-se a Donald Trump, Corbyn exortou: “Pense num mundo de paz e sem armas, que reconheça os valores de todas as pessoas, que derrote o racismo, que derrote a misoginia e o ódio religioso que tem vindo a ser propagado pela extrema-direita no Reino Unido, Europa e EUA”.

O Presidente norte-americano classificou Jeremy Corbyn como uma “força negativa” e desvalorizou os protestos: “Ouvi dizer que houve protestos. Onde estão os protestos? Não vejo nenhum protesto. Só vi um protesto muito pequeno”.

“Acordo comercial ambicioso”

No encontro que Donald Trump manteve com a primeira-ministra britânica, Theresa May, ambos falaram sobre segurança, a necessidade de garantir que o Irão não obtenha armas nucleares e a guerra comercial com a China.

Mas o foco foi o Brexit. Theresa May, que deverá formalizar a demissão de líder do Partido Conservador na próxima sexta-feira (07.06), abrindo caminho também para a sua sucessão à frente do governo, reiterou o interesse em sair da União Europeia (UE) com um acordo. “Obviamente, caberá a quem me suceder levar este processo para a frente”, sublinhou.

A primeira-ministra britânica também afirmou que ambos esperam alcançar “um ambicioso acordo comercial” após a saída britânica da UE, prevista agora para o próximo dia 31 de Outubro.

O Presidente dos Estados Unidos garantiu que os dois países vão fechar um “acordo fenomenal”, se o Brexit acontecer. “Enquanto o Reino Unido prepara-se para sair da União Europeia, os Estados Unidos estão empenhados num acordo comercial fenomenal entre os EUA e o Reino Unido. Há um enorme potencial nesse acordo comercial”, disse.

Esta quarta-feira (05.06), Donald Trump participa, ao lado de outros líderes mundiais, na cidade de Portsmouth, no sul de Inglaterra, nas celebrações do 75º aniversário do Dia D, o desembarque na Normandia das forças aliadas, que contribuiu para a derrota da invasão nazi na II Guerra Mundial.

- Publicidade -
- Publicidade -

Zaire: Kimakuku ganha escola de sete salas

A localidade de Kimakuku, 226 quilómetros da sede comunal do Kindege, município do Nzeto, província do Zaire, ganha, dentro de oito meses, uma escola...
- Publicidade -

Cuanza Sul regista aumento de mordeduras caninas

Cento e dezoito mordeduras de cães aos cidadãos foram registadas no primeiro semestre do corrente ano, no município do Sumbe, pela secção municipal Saúde...

Viana: Desmantelados grupos de marginais que se dedicavam na prática de roubo

A Polícia Nacional, no Município de Viana, procedeu, recentemente, o desmantelamento de dois grupos de supostos marginais, denominados "os Barcelona e os Barra-Barra", acusados...

BNA ficou com 20 mil milhões Kz no cofre para injectar liquidez nas empresas

O Banco Nacional de Angola (BNA) aumentou para 79,3 mil milhões de kwanzas o volume das compras de títulos públicos às empresas no âmbito...

Notícias relacionadas

Zaire: Kimakuku ganha escola de sete salas

A localidade de Kimakuku, 226 quilómetros da sede comunal do Kindege, município do Nzeto, província do Zaire, ganha, dentro de oito meses, uma escola...

Cuanza Sul regista aumento de mordeduras caninas

Cento e dezoito mordeduras de cães aos cidadãos foram registadas no primeiro semestre do corrente ano, no município do Sumbe, pela secção municipal Saúde...

Viana: Desmantelados grupos de marginais que se dedicavam na prática de roubo

A Polícia Nacional, no Município de Viana, procedeu, recentemente, o desmantelamento de dois grupos de supostos marginais, denominados "os Barcelona e os Barra-Barra", acusados...

BNA ficou com 20 mil milhões Kz no cofre para injectar liquidez nas empresas

O Banco Nacional de Angola (BNA) aumentou para 79,3 mil milhões de kwanzas o volume das compras de títulos públicos às empresas no âmbito...

CNE reconhece uma dívida de 4 mil milhões de kwanzas

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) reconheceu a existência de um passivo com vários fornecedores por serviços prestados durante as eleições gerais de 2017, avaliado,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.