- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo EUA Estados Unidos e México procuram evitar tarifas

Estados Unidos e México procuram evitar tarifas

O conselheiro para o comércio da Casa Branca, Peter Navarro, e o senador republicano, Chuck Grassley, afirmaram nesta quarta-feira, 5, que o plano dos Estados Unidos de impor tarifas sobre produtos mexicanos pode não entrar em vigor, ao contrário do que prometeu o Presidente Trump.

Navarro disse à cadeia televisiva CNN, citado pela VOA, que as tarifas, que entrariam em vigor na próxima semana, podem não ser necessárias porque os Estados Unidos têm agora “a atenção dos mexicanos” sobre deter a imigração ilegal.

Trump anunciou na semana passada que iria impor tarifas de cinco por cento a todos os produtos importados do México, como penalização pelo facto de o Governo mexicano não tomar medidas para parar a imigração ilegal.

Nesta quarta-feira, representantes do México encontram-se com o vice-presidente americano, Mike Pence, para apresentar as medidas que tentam tomar para evitar as tarifas.

Na Irlanda, Donald Trump afirmou que o México quer fazer um acordo para evitar as tarifas, mas que se o país não adoptar medidas para controlar o fluxo de imigrantes as taxas entrarão em vigor.

“O México pode parar com isso. Eles têm que parar, ou não será possível fazermos negócios. É algo muito simples. E acho que eles vão parar. Acho que eles querem fazer algo. Acho que eles querem fazer um acordo”, disse Trump.

O Presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, afirmou estar optimista de que as negociações podem terminar em acordo.

“Acreditamos que essas tarifas podem não entrar em vigor exactamente porque temos a atenção dos mexicanos”, sublinhou Navarro.

Por seu lado, Chuck Grassley, senador republicano e presidente do Comité de Finanças, previu que os dois países chegarão a um acordo para evitar as tarifas.

- Publicidade -
- Publicidade -

Zaire: Kimakuku ganha escola de sete salas

A localidade de Kimakuku, 226 quilómetros da sede comunal do Kindege, município do Nzeto, província do Zaire, ganha, dentro de oito meses, uma escola...
- Publicidade -

Cuanza Sul regista aumento de mordeduras caninas

Cento e dezoito mordeduras de cães aos cidadãos foram registadas no primeiro semestre do corrente ano, no município do Sumbe, pela secção municipal Saúde...

Viana: Desmantelados grupos de marginais que se dedicavam na prática de roubo

A Polícia Nacional, no Município de Viana, procedeu, recentemente, o desmantelamento de dois grupos de supostos marginais, denominados "os Barcelona e os Barra-Barra", acusados...

BNA ficou com 20 mil milhões Kz no cofre para injectar liquidez nas empresas

O Banco Nacional de Angola (BNA) aumentou para 79,3 mil milhões de kwanzas o volume das compras de títulos públicos às empresas no âmbito...

Notícias relacionadas

Zaire: Kimakuku ganha escola de sete salas

A localidade de Kimakuku, 226 quilómetros da sede comunal do Kindege, município do Nzeto, província do Zaire, ganha, dentro de oito meses, uma escola...

Cuanza Sul regista aumento de mordeduras caninas

Cento e dezoito mordeduras de cães aos cidadãos foram registadas no primeiro semestre do corrente ano, no município do Sumbe, pela secção municipal Saúde...

Viana: Desmantelados grupos de marginais que se dedicavam na prática de roubo

A Polícia Nacional, no Município de Viana, procedeu, recentemente, o desmantelamento de dois grupos de supostos marginais, denominados "os Barcelona e os Barra-Barra", acusados...

BNA ficou com 20 mil milhões Kz no cofre para injectar liquidez nas empresas

O Banco Nacional de Angola (BNA) aumentou para 79,3 mil milhões de kwanzas o volume das compras de títulos públicos às empresas no âmbito...

CNE reconhece uma dívida de 4 mil milhões de kwanzas

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) reconheceu a existência de um passivo com vários fornecedores por serviços prestados durante as eleições gerais de 2017, avaliado,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.