Radio Calema
InícioAngolaPolíticaCaso CNC: Augusto Tomás volta a interrogatório quarta-feira

Caso CNC: Augusto Tomás volta a interrogatório quarta-feira

O antigo ministro dos Transportes, Augusto Tomás, continua a ser interrogado quarta-feira (05), em sede da instância do juiz, num processo em que é acusado de desviar avultadas somas em dinheiro do Conselho Nacional de Carregadores (CNC).

Caso se esgote o interrogatório na instância do júri, sublinha Angop, Augusto Tomás será ouvido pelo Ministério Público e pelos advogados.

Hoje (terça-feira), no primeiro dia de interrogatórios, num julgamento que já vai na terceira sessão, o ex-governante negou as acusações de defraudação de mil milhões de kwanzas, 40 milhões dólares e de 13 milhões de euros.

Negou também ter orientado ao conselho do CNC para a compra de participações em empresas privadas em benefício próprio, causando um prejuízo de cerca de 26 milhões de dólares ao Estado angolano.

A audiência desta terça-feira ficou marcada pelo esclarecimento do júri ao réu Augusto Tomás, que os tribunais superiores (Supremo e o Constitucional) não reconhecem as duas imunidades enquanto deputado.

Segundo o júri, as imunidades parlamentares não foram tidas em conta no acto da sua detenção, pelo facto de ter suspendido o mandado para exercer cargos no aparelho governamental.

Além de Augusto Tomás estão arrolados no processo 02/19, mais quatro réus da direcção do Conselho Nacional de Carregadores, 14 testemunhas e 31 declarantes.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.