- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Preço da electricidade sobe em média 77% em Junho

Preço da electricidade sobe em média 77% em Junho

Mercado

As tarifas de electricidade vão sofrer um aumento médio de cera de 77% até ao final de Junho, de acordo com um Decreto Executivo do Ministério das Finanças publicado no passado dia 24 de Maio em Diário da República.

Segundo o diploma, face ao último tarifário (de 2016), de acordo com contas do Mercado, para os clientes de baixa tensão (BT), os aumentos variam entre cerca de 81% (para 12,82 Kz/ KWh) no sector da indústria e os 113% (para 6,41 Kz/KWh)para os clientes domésticos de segundo escalão. Nos clientes domésticos de menor consumo, não há aumento.

Ainda em BT, o diploma assinado pelo ministros das Finanças, com entrada em vigor 20 dias após a publicação, o preço da energia da iluminação pública aumenta 49%, o normal monofásico sobe 66,7%, o normal trifásico e o tarifário para o comércio e serviços mais do que duplicam (cerca de 109%).

Em média tensão com potência contratada até 30 KVA, nos sector do comércio e serviços os preços terão um agravamento de 96,2% (para 11,54 Kz/KWh), enquanto para a indústria irão aumentar 87,2% (para 9,61 Kz/KWh).

Para a grande indústria, com potência contratada mais elevada (superior a 30 KVA), o preço da energia irá aumentar cerca de 55,5% (para 7,31 Kz/KWh).

Os preços da energia eléctrica em Angola são subvencionados, em média, em 85%, sendo que o Fundo Monetário Internacional tem pressionado – e o Governo concordado – no sentido de igualar as tarifas aos custos de produção.

A edição impressa do Mercado, nas bancas na próxima sexta-feira (dia 31 de Maio) irá desenvolver este tema.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Espanha notifica mais de 11 mil novos casos e 177 mortes

O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, 11.016 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais, de acordo com os meios de...
- Publicidade -

Elefantes agora estão a morrer no Zimbabwe devido a uma bactéria que provoca abundantes hemorragias internas

Depois de ter sido clarificado que mais de 300 elefantes morreram no Botswana devido a uma cianobactéria, que se reproduz especialmente rápido em charcos...

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Notícias relacionadas

Covid-19: Espanha notifica mais de 11 mil novos casos e 177 mortes

O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, 11.016 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais, de acordo com os meios de...

Elefantes agora estão a morrer no Zimbabwe devido a uma bactéria que provoca abundantes hemorragias internas

Depois de ter sido clarificado que mais de 300 elefantes morreram no Botswana devido a uma cianobactéria, que se reproduz especialmente rápido em charcos...

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Comissão de Reforma da IURD condena e se demarca da falsificação de documentos

A Comissão de Reforma da Igreja Universal em Angola demarcou-se recentemente de actos de irregularidade na tramitação do processo para a certificação da sua...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.