- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques MINFIN esclarece "desinformação" sobre dívida pública

MINFIN esclarece “desinformação” sobre dívida pública

O Ministro das Finanças, Archer Mangueira, negou ontem, na Assembleia Nacional, em Luanda, ter dito que parte da dívida pública do Estado seja falsa, admitindo que falsa é parte da dívida reclamada pelas empresas, como atrasados, que não corresponde a dívida certificada.

A dívida pública do país é avaliada em 22 biliões de Kwanzas, correspondendo a 79,7 por cento do passivo do governo. Quarenta por cento da dívida do Executivo é interna e o restante são dívidas externas da TAAG e da Sonangol .

As reclamações da dívida por empresas, essencialmente, de prestação de serviço às distintas unidades orçamentais – diferente da dívida pública – são atrasados que o Estado acumulou devido a diminuição de receita.

De acordo com a Angop, o ministro respondia a questões colocadas pelo presidente do grupo parlamentar da Unita, Adalberto da Costa Júnior, sobre a real dívida pública, em sede da discussão, na especialidade, do Orçamento Geral do Estado (OGE) Revisto 2019.

“Não é a dívida pública que é falsa. Deixemos de deturpar. Que Estado teríamos, se a dívida pública fosse falsa?”, questionou Archer Mangueira.

O governante disse existir um processo de certificação e averiguação da veracidade das dívidas em atraso e as falsas são enviadas à PGR para o devido tratamento.

Informou que para controlar e regularizar a dívida, o governo está a implementar a Estratégia Nacional de Regularização dos Atrasados, que já permitiu normalizar dívidas de 170 acordos, à medida da disponibilização das receitas, por vias de títulos (para não pressionar a tesouraria) e de pagamento em cash (dinheiro).

Anunciou, igualmente, a preparação, pelo Executivo de um plano de continência para um possível cenário de constrangimentos da implementação do Imposto do Valor Acrescentado (IVA), que entra em vigor já em Julho próximo.

O plano de contingência, cujos instrumentos legais já estão em elaboração, segundo o ministro, se vai incidir na aplicação de impostos de produtos nocivos a saúde.

Os deputados voltam a discutir, na especialidade, o OGE 2019 revisto esta terça-feira (28) com a equipa do governo que atende pelo sector social.

A Assembleia Nacional aprovou na última quarta-feira (22), na generalidade, a proposta de Orçamento Geral do Estado (OGE) 2019 com 118 votos a favor, 28 contra (UNITA) e 13 abstenções da Coligação CASA-CE, FNLA e PRS.

- Publicidade -
- Publicidade -

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...
- Publicidade -

Reflexões sobre o calendário escolar

Após a realização do diagnóstico sobre o rendimento do Subsistema do Ensino de Base, em 1986, os primeiros sinais de mudança de uma economia...

De números desconhecidos: Burlas por telefone na calada da noite

Edson Cadete disse que alguns amigos aconselharam-no a retomar as chamadas e outros o desencorajaram a fazê-lo. Nós últimos dias cresce o número de pessoas...

Zangam-se as Comadres, Descobrem-se as Verdades!

Empresários nacionais em 2012, segundo o Confidence News, já o denunciavam como sendo, o “homem do Presidente”. Edeltrudes Costa de seu nome, foi vice...

Notícias relacionadas

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...

Reflexões sobre o calendário escolar

Após a realização do diagnóstico sobre o rendimento do Subsistema do Ensino de Base, em 1986, os primeiros sinais de mudança de uma economia...

De números desconhecidos: Burlas por telefone na calada da noite

Edson Cadete disse que alguns amigos aconselharam-no a retomar as chamadas e outros o desencorajaram a fazê-lo. Nós últimos dias cresce o número de pessoas...

Zangam-se as Comadres, Descobrem-se as Verdades!

Empresários nacionais em 2012, segundo o Confidence News, já o denunciavam como sendo, o “homem do Presidente”. Edeltrudes Costa de seu nome, foi vice...

FinCEN Files. Como os grandes bancos facilitaram milhares de milhões de dólares em transferências para criminosos

Mais de dois mil relatórios bancários confidenciais obtidos pelo BuzzFeed News e partilhados com o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), do qual...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.