Radio Calema
InicioEconomiaCamponeses recebem AKz 11,3 milhões para produção de batata

Camponeses recebem AKz 11,3 milhões para produção de batata

Angop

Onze milhões e 350 mil Kwanzas é o valor disponibilizado pelo Projecto de Desenvolvimento da Agricultura Familiar e Comercialização (MOSAP II) à Associação de camponeses “Revolução de Outubro”, para a produção de batata-rena em 10 hectares.
A informação foi avançada hoje, na comuna do Lombe (município de Cacuso), pelo secretário da Associação, Honório Dala, durante a visita de uma delegação do Banco Mundial, tendo referido que o valor serviu para a compra de instrumentos agrícolas, sementes de batata-rena e mecanização de terra.

Fez saber que a Associação preve colher cerca de 12 toneladas de batata-rena, que após a comercialização do produto, os valores adquiridos serão repartidos em 50 por cento para o MOSAP e outros 50 por cento para a associação.

Precisou que a associação produziu também cinco hectares de milho, mandioca, feijão e outras culturas.

A associação de camponesa “ Revolução de Outubro” foi fundada em 1983, e controla actualmente 43 membros entre mulheres e homens.

O MOSAP II substitui o MOSAP I, criado na perspectiva de melhorar a segurança alimentar e reduzir a pobreza no meio rural.

Implementado desde 2016, o projecto Mosap II, abrange os municípios de Malanje, Cacuso, Kiwaba Nzoji, Mucari, Calandula, Cunda-dia-Base, Cambundi-Catembo, Cahombo, Massango, Quela e Cangandala, beneficiando 30 mil pequenos agricultores organizados em cooperativas.

Para além de Malanje, o Mosap II está implantado nas províncias do Huíla, Huambo e Bié.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.