Radio Calema
InicioAngolaRegiõesBengo pretende rentabilizar património histórico-cultural da província

Bengo pretende rentabilizar património histórico-cultural da província

Angop

O Governo da província do Bengo pretende transformar o seu património histórico-cultural em matéria para arrecadação de receitas e geração de riquezas, através da promoção do turismo cultural.

A intenção foi revelada hoje, segunda-feira, pela governadora do Bengo, Mara Quiosa, quando intervinha na abertura do Conselho Consultivo do Ministério da Cultura, que decorre até amanha terça-feira, em Caxito.

Para que a cultura assuma um lugar de destaque na economia local, Mara Quiosa considera necessário aumentar as suas infra-estruturas culturais e primar pela formação de mais quadros nas respectivas especialidades, de forma a garantir o normal funcionamento dessas instituições.

“Nesta perspectiva, ressaltar também a necessidade imperiosa da criação de mais oportunidades de trabalho e de rendimento para os criadores da cultura e da arte, assim como continuar a resgatar e promover na nossa província os valores culturais que contribuam para a preservação da nossa identidade cultural”, frisou.

Por outro lado, a governadora pediu ao Ministério da Cultura uma atenção especial aos espaços e lugares de memória colectiva da luta de libertação nacional, visto que a província do Bengo constitui-se na 1ª região política-militar.

O Conselho Consultivo Alargado, que decorre sob orientação da da ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, está a analisar o programa de acções do sector cultural incluído no Plano Nacional de Desenvolvimento 2018-2022, os programas ligados a valorização e dinamização do património histórico-cultural, os projectos de candidaturas do Cuito Cuanavale e do Corredor do Kwanza na lista do património mundial.

A agenda inclui também abordagem sobre o III encontro nacional das autoridades tradicionais, o Festival Internacional do Kongo (FestiKongo), a Bienal de Luanda-Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz, o programa de implementação do Direito de Autor&Arrecadação de Receitas, bem como o fenómeno religioso.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.