- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Guiné-Bissau Estudantes da Guiné-Bissau já estão a beneficiar de acordos de cooperação com...

Estudantes da Guiné-Bissau já estão a beneficiar de acordos de cooperação com instituições no norte de Portugal

VOA | Danielle Stescki

Estudantes que buscam formação e qualificação superior fora do país de origem encontram diversas dificuldades. Depois de passarem pelo processo de inscrição e seriação precisam lidar com as despesas como, por exemplo, passagens aéreas, taxas académicas, propinas, alimentação, alojamento, entre outras. Quando a família do estudante tem pouco dinheiro tudo fica difícil, mas não impossível.

Desde o ano passado, estudantes da Guiné-Bissau estão sendo beneficiados por protocolos de cooperação assinados entre o Ministério da Educação, Ensino Superior, Juventude e Desporto da República da Guiné-Bissau com instituições de ensino técnico e superior dos distritos portugueses de Bragança, Castelo Branco, Guarda e Portalegre.

Para facilitar a adaptação dos alunos foi criado o Gabinete de Apoio à Integração dos Estudantes Guineenses em Portugal, liderado pelo promotor de protocolos de cooperação, Bocu Silva.

“Quando o protocolo começou os alunos não estavam ainda a acreditar muito, então tivemos que … criar um espaço para dar seguimento àquilo que estava a ser feito na Guiné, para eles sentirem-se também em casa”.

Segundo Silva, a obtenção de um espaço físico só foi possível com o apoio da Câmara Municipal de Macedo, que disponibilizou uma sala para que os estudantes possam ser recebidos.

O promotor de protocolos de cooperação avisou que as vagas para inscrição em algumas instituições no norte de Portugal já estão abertas. Também explicou que o processo de inscrição começa na Guiné-Bissau, e está aberto a todos os jovens.

Silva alertou que essa é uma oportunidade que garante uma vaga numa instituição de ensino superior a preços reduzidos, portanto não é uma bolsa de estudo.

Ele concluiu a entrevista fazendo um desafio aos professores que leccionam as cadeiras de informática e de línguas portuguesa e inglesa. Silva gostaria que os professores passassem seis meses na Guiné-Bissau para dar formação aos alunos que estejam no último ano do liceu, a fim de prepará-los para ingressarem na licenciatura mais preparados.

- Publicidade -
- Publicidade -

Governador apela ao rigor e profissionalismo na saúde

O governador do Namibe, Archer Mangueira, apelou, na sexta-feira, aos quadros da saúde rigor, profissionalismo e um atendimento mais humanizado dos utentes das unidades...
- Publicidade -

Agostinho Neto é marca indelével da política angolana

Agostinho Neto marca indelevelmente a política angolana e é o ponto de partida da evolução desta, tendo proclamado a independência de Angola em 11...

Corrida à presidência do CPA com candidato único

As eleições no Comité Paralímpico Angolano (CPA) para o quadriénio 2020/24 terão apenas um candidato, Leonel da Rocha Pinto, fazendo jus à história desde...

Zaire: Baleia de seis metros encontrada morta no Nzeto

Uma baleia com seis metros de comprimento foi encontrada morta sexta-feira, na baía da comuna da Musserra, município do Nzeto, na província do Zaire. O...

Notícias relacionadas

Governador apela ao rigor e profissionalismo na saúde

O governador do Namibe, Archer Mangueira, apelou, na sexta-feira, aos quadros da saúde rigor, profissionalismo e um atendimento mais humanizado dos utentes das unidades...

Agostinho Neto é marca indelével da política angolana

Agostinho Neto marca indelevelmente a política angolana e é o ponto de partida da evolução desta, tendo proclamado a independência de Angola em 11...

Corrida à presidência do CPA com candidato único

As eleições no Comité Paralímpico Angolano (CPA) para o quadriénio 2020/24 terão apenas um candidato, Leonel da Rocha Pinto, fazendo jus à história desde...

Zaire: Baleia de seis metros encontrada morta no Nzeto

Uma baleia com seis metros de comprimento foi encontrada morta sexta-feira, na baía da comuna da Musserra, município do Nzeto, na província do Zaire. O...

MPLA denuncia campanhas contra Angola

O Bureau Político do MPLA denunciou, neste sábado, as campanhas de intoxicação movidas contra as instituições do Estado angolano e o Presidente da República,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.