- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo América do Sul Pelo menos 29 mortos em motim em centro de detenção na Venezuela

Pelo menos 29 mortos em motim em centro de detenção na Venezuela

O número de mortos no motim que ocorreu hoje num centro de detenção da polícia no Estado venezuelano de Portuguesa subiu para 29, registando-se ainda 19 feridos, anunciou Ministério Público.

De acordo com a AFP, a intervenção das Forças de Acções Especiais da Polícia Nacional (FAES) para controlar uma “tentativa de fuga em massa” terminou “com 29 pessoas mortas dentro da população penal”, disse o secretário de Segurança Cidadã de Portuguesa, Oscar Valero.

Segundo o mesmo, os detidos receberam os agentes com “uma chuva de balas” e explodiram três granadas, que feriram 19 funcionários policiais.

O Observatório Venezuelano de Prisões, uma organização não-governamental que defende os detidos, referiu na rede social Twitter que o motim ocorreu no centro de detenção da polícia no município de Páez, atribuindo responsabilidades ao Ministério dos Serviços Prisionais.

O observatório fala num “massacre no local”, acrescentando que todos os mortos são detidos.

Em 29 de março de 2018 ocorreu um dos motins mais graves na Venezuela, com confrontos no centro de detenção da Polícia Estadual de Carabobo, onde 68 pessoas morreram.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.