Radio Calema
InicioAngolaRegiõesMenongue com restrições de energia

Menongue com restrições de energia

Angop

O vice-governador do Cuando Cubango para os serviços técnicos e infra-estruturas, Bento Francisco Xavier, admitiu, sexta-feira, que as restrições no fornecimento de energia eléctrica a cidade de Menongue, registadas nos últimos dias do mês de Abril até a data presente, deve-se à insuficiência de combustível na região.

Esta informação foi prestada no final de uma visita de campo do vice-governador, que culminou com nas instalações da nova central térmica do Cwebe, que tem uma capacidade de 54 megawatts, com duas turbinas, uma a gás e outra a gasóleo, avaliados em 69 milhões de dólares.

A central, que consome 75 mil metros cúbicos de gasóleo/dia, destinada a fornecer energia a cidade de Menongue 24 horas sobre 24 horas, desde a entrada em funcionamento em finais de Outubro de 2018, sem, no entanto, o uso da turbina a gás por outras razões técnicas.

Nesta altura, em função desta realidade, estão disponíveis cerca de 5 megawatts da antiga central térmica de Menongue, com restrições que rondam entre os 50 por cento de abastecimento na urbe, em que as prioridades recaem paras as unidades sanitárias, a central de captação de água e outras de serviços públicos.

Bento Francisco Xavier justificou que esta medida foi accionada até ao momento, mas que anteriormente tinha-se a noção que seria provisória, cuja solução poderá ser enconrtrada ao longo deste mês.

De acordo com o vice-governador, a turbina a gasóleo, com a capacidade de produzir 27 megawatts, nesta altura está apenas a fornecer 9.5, uma vez que não existe rede suficiente para distribuir os restantes em Menongue, no período que vai das 6horas às 17 horas e 30 minutos em cada dia.

A nova central térmica do Cwebe tem uma necessidade diária de 80 mil metros cúbicos de combustível, para garantir o funcionamento da turbina a gasóleo.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.