Portal de Angola
Informação ao minuto

Isabel dos Santos anuncia novos investimentos em Angola

(Foto: S.B)

Apesar do conflito com o Presidente angolano, a empresária vai avançar com expansão das lojas Candando e aposta na televisão, escreve o Expresso.

Depois de ter retirado a sua participação na construção da Barragem de Caculo Cabaça e do Porto de Dande, o afastamento de Isabel dos Santos do projecto da Marginal da Corimba (através da Urbinvest e da Landscape) abre um novo capítulo na ‘guerra’ que opõe o clã dos Santos ao Presidente João Lourenço.

Apesar deste revés, a empresária angolana não baixou os braços e não vira as costas ao mercado angolano. Está agora envolvida num vasto plano de expansão da rede das lojas Candando, multiplicando empregos para os jovens.

“Acaba de inaugurar o mais moderno estúdio de televisão em Angola, que mete no chinelo o estúdio da TPA e apostou também já na criação da Zap-Internacional com emissões para Portugal e Moçambique”, revelou ao Expresso fonte do grupo de Isabel dos Santos.

Não há dúvida, porém, que o seu afastamento do projeto da Marginal da Corimba inicialmente estimado em 1205 milhões de dólares, continua a provocar ondas de choque.

A decisão de João Lourenço, que, neste negócio, acusa a filha do seu antecessor de prática de sobrefaturação, ocorre um mês depois de José Eduardo dos Santos, em audiência privada, lhe ter atribuído a responsabilidade pelo “exílio forçado” de parte da família.

Isabel dos Santos, Tchizé dos Santos e a tia, Marta dos Santos, aconselhados por este, encontram-se há já largos meses a residir no estrangeiro.

João Lourenço refutou as críticas alegando que elas saíram de Angola voluntariamente, e que Isabel dos Santos se tem furtado a regressar ao país para, perante as autoridades judiciais, defender as acusações por si apresentadas contra o ex-presidente da Sonangol, Carlos Saturnino.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »