Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

CGD emprestou 125 milhões a Isabel dos Santos para compra de acções

Isabel dos Santos (Foto: Voa)

O empréstimo serviu para comprar acções da ZON, sendo que parte dessas acções, eram da própria CGD

A Caixa Geral de Depósito (CGD) emprestou, à empresária angolana Isabel dos Santos 125 milhões de euros para a compra de acções da ZON – atual NOS.

De acordo com a notícia avançada este sábado pelo Correio da Manhã, o financiamento, ocorrido no final de 2009, foi autorizado pela Direcção Geral de Risco do banco estatal, mas recebeu um parecer condicionado. A Direcção de Risco recomendava que o crédito fosse concedido por um sindicato bancário, para reduzir a exposição do banco público, o que acabou por não acontecer.

Segundo o Sol, o empréstimo serviu para comprar acções da ZON, sendo que parte dessas acções, eram da própria CGD (2%). O restante era detido pela ZON (4,57%) e pela Cinveste (3,43%).

O crédito deveria ter sido pago à CGD em sete anos. No entanto, fonte ligada à empresária disse ao Correio da Manhã que “grande parte já foi armotizado”, concluindo-se assim que o financiamento ainda não foi totalmente pago.

Actualmente, Isabel dos Santos detém, em parceria com a Sonaecom, 52,15% do capital da ZON, através da Zopt.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »