- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Holandeses rejeitam extrema-direita e dão vitória a trabalhistas

Holandeses rejeitam extrema-direita e dão vitória a trabalhistas

Euronews
Os holandeses abriram as eleições, foram às urnas e contrariaram as sondagens.

A vitória era dada aos eurocéticos, mas, de acordo com as estimativas da empresa de sondagens Ipsos para a televisão estatal, foi o Partido Trabalhista de Frans Timmermans a ganhar as Europeias. Com 18% dos votos, elegeu cinco dos 26 deputados representantes dos Países Baixos.

Numa auscultação à Europa, o comissário europeu diz ter reparado que em muitos “países há necessidade de uma União Europeia Diferente. Uma União Europeia que lute mais contra as alterações climáticas, que perceba que temos de fazer muito mais no campo social, que perceba que as grandes empresas que evitam os impostos têm de começar a pagá-los”.

O Partido Popular para a Liberdade e Democracia conquistou quatro lugares com 15% dos votos, dando aos conservadores do partido do primeiro-ministro Mark Rutte o segundo lugar.

Na posição seguinte ficou o populista e recém-criado Fórum para a Democracia, de Thierry Baudet, que obteve três lugares com 11% dos votos. Um resultado aquém da vitória projetada pelas sondagens.

O Partido da Liberdade, de Geert Wilders, ficou-se pelos 4%, confirmando a queda livre da extrema-direita, que, nas mesmas eleições, em 2014, conquistou o voto de 13% dos eleitores.

- Publicidade -
- Publicidade -

Ano lectivo passa a ser de Setembro a Julho

Novo Calendário Escolar Quadro aplica-se a todas as instituições públicas, público-privadas de educação e ensino. Os próximos anos lectivos e académicos, tanto no ensino superior...
- Publicidade -

Bornito de Sousa acusa activista português de difamação

O vice-Presidente de Angola, Bornito de Sousa, e a filha, Naulila Diogo Graça, pretendem processar o activista português anti-corrupção Paulo de Morais por difamação....

PALOP: O que muda no regresso às aulas?

Turmas repartidas e horários desfasados são medidas previstas para o regresso às aulas presenciais em Cabo Verde, a 1 de Outubro. As aulas também...

Presidente francês, Emmanuel Macron, quer apoio europeu na crise da Bieolorússia

Durante uma visita a Vilnius, capital da Lituânia, o Presidente francês, Emmanuel Macron, defendeu um apoio pragmático europeu na crise da Bieolorússia. Macron, recebeu...

Notícias relacionadas

Ano lectivo passa a ser de Setembro a Julho

Novo Calendário Escolar Quadro aplica-se a todas as instituições públicas, público-privadas de educação e ensino. Os próximos anos lectivos e académicos, tanto no ensino superior...

Bornito de Sousa acusa activista português de difamação

O vice-Presidente de Angola, Bornito de Sousa, e a filha, Naulila Diogo Graça, pretendem processar o activista português anti-corrupção Paulo de Morais por difamação....

PALOP: O que muda no regresso às aulas?

Turmas repartidas e horários desfasados são medidas previstas para o regresso às aulas presenciais em Cabo Verde, a 1 de Outubro. As aulas também...

Presidente francês, Emmanuel Macron, quer apoio europeu na crise da Bieolorússia

Durante uma visita a Vilnius, capital da Lituânia, o Presidente francês, Emmanuel Macron, defendeu um apoio pragmático europeu na crise da Bieolorússia. Macron, recebeu...

Gratidão

Este é o sentimento que tomou conta da minha alma no momento em que escrevia este texto, depois de surpreendido com o Prémio de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.