Portal de Angola
Informação ao minuto

Detidos oficiais do SIC suspeitos de venda ilegal de viaturas

AGENTES DO SIC EM OPERAÇÃO CONJUNTA (FOTO: MORAIS SILVA)

Dois oficiais do Serviço de Investigação Criminal (SIC) e um das FAA foram detidos quinta-feira, na cidade do Lubango (Huila), a mando da Procuradoria-Geral da República (PGR), por suposto envolvimento de venda ilegal de viaturas, escreve a Angop.

Trata-se de um intendente e um inspector-chefe afectos ao SIC local que agiam em conluio com um capitão das Forças Armadas Angolanas (FAA) destacado na província do Namibe.

Os oficiais são suspeitos de venda ilegal de 20 viaturas apreendidas, no período de 2011 a 2014, altura em que o intendente chefiava o departamento de património, roubos e furtos de viaturas do SIC na província.

Os meios tinham sido apreendidos pela Polícia Nacional, por várias razões, e encontravam-se parqueados na Unidade Operativa do Lubango.

Em declarações à imprensa, o porta-voz do SIC, Sebastião Vica, informou que a operação resultou de denúncias públicas, permitindo a localização dos meios nas províncias do Namibe, Cunene, Cuando Cubango, Benguela e Huila.

Disse que os suspeitos aproveitavam-se dos cargos que exerciam para, de forma ilegal, levantar os meios na Unidade Operativa do Lubango onde estavam parqueados para a comercialização.

Este é o segundo caso de venda ilegal de viaturas envolvendo oficiais do SIC na província. Em 2018, o antigo director provincial do SIC da Huila, Amadeu Suana, foi detido e acusado pelas mesmas práticas, aguardando julgamento em liberdade.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »