- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política MPLA Mário Pinto de Andrade quer candidatos às autarquias com “ficha limpa”

Mário Pinto de Andrade quer candidatos às autarquias com “ficha limpa”

O docente universitário Mário Pinto de Andrade defendeu que os futuros candidatos às autarquias de 2020, tanto de partidos políticos, quanto individuais, devem ter a sua “ficha limpa”, para que possam concorrer às eleições, escreve a Angop.

O académico, que falava no Instituto Superior Politécnico Lusíada de Benguela, sedeado no Lobito, no quadro de um seminário sobre o “ O exercício dos poderes políticos”, alertou que muita gente está interessada em participar no poder local, não para servir o povo, mas para “meter a mão na seara alheia”.

Daí que Mário Pinto de Andrade acentue a ideia de que os partidos têm de estar preparados e, para isso, devem renovar-se a nível dos seus quadros e políticas para os próximos desafios que se avizinham no país.

Lembrou que, nos últimos tempos, partidos como Congresso Nacional Africano (ANC), na África do Sul, a FRELIMO, em Moçambique, a ZANU-PF, no Zimbabwe, e o próprio MPLA, têm estado a perder assentos no Parlamento dos seus países, devido aos erros do passado, que estão a ser cobrados pela nova geração.

Mário Pinto de Andrade também realçou que os actuais resultados obtidos na luta contra a corrupção, liderada pelo Presidente da República, João Lourenço, estão a fazer com que o povo acredite no novo paradigma de governação.

Na sua intervenção, o académico Fernando Ribeiro apontou as vantagens das autarquias locais e disse que os cidadãos podem fiscalizar melhor os seus representantes, por serem pessoas próximas dos eleitores.

No fim do mandato, essas pessoas serão substituídas, se não apresentarem resultados que estejam dentro das expectativas dos cidadãos, acrescentou. “Esta é uma ferramenta que está a ser dada ao povo para a consolidação da democracia”, segundo Fernando Ribeiro.

Já o professor Eduardo Vera Cruz Pinto mostrou-se preocupado com o poder tradicional que, embora consagrado na Constituição, não existe um instrumento jurídico que defina as suas atribuições, orgânica e funcional.

Na sua opinião, as autoridades tradicionais têm um papel relevante na sociedade e poderão contribuir para a democratização na perspectiva local.

- Publicidade -
- Publicidade -

Spray nasal investigado na Austrália pode travar reprodução da Covid-19

Um spray nasal desenvolvido para reforçar o sistema imunológico contra a gripe e as constipações demonstrou, em provas pré-clínicas, que pode travar a reprodução...
- Publicidade -

Investigação do “New York Times” revela anos de fuga ao fisco de Trump

Donald Trump pagou apenas 750 dólares de impostos de renda - cerca de 644 euros - no ano em que tomou posse como Presidente...

Luanda ganha centro de tradução de documentos

Um centro de tradução de documentos escritos em mandarim, russo, francês, espanhol e inglês para português e vice-versa, denominado por Angojobs, foi inaugurado, neste...

Heloide dos Prazeres vence Festival da Canção da LAC

“À terceira foi de vez”. Foi com esta máxima que Heloide dos Prazeres, intérprete e autora da canção “Só no Olhar”, exprimiu a alegria...

Notícias relacionadas

Spray nasal investigado na Austrália pode travar reprodução da Covid-19

Um spray nasal desenvolvido para reforçar o sistema imunológico contra a gripe e as constipações demonstrou, em provas pré-clínicas, que pode travar a reprodução...

Investigação do “New York Times” revela anos de fuga ao fisco de Trump

Donald Trump pagou apenas 750 dólares de impostos de renda - cerca de 644 euros - no ano em que tomou posse como Presidente...

Luanda ganha centro de tradução de documentos

Um centro de tradução de documentos escritos em mandarim, russo, francês, espanhol e inglês para português e vice-versa, denominado por Angojobs, foi inaugurado, neste...

Heloide dos Prazeres vence Festival da Canção da LAC

“À terceira foi de vez”. Foi com esta máxima que Heloide dos Prazeres, intérprete e autora da canção “Só no Olhar”, exprimiu a alegria...

Arménia e Azerbaijão em guerra, Rússia, França e Estados Unidos pedem cessar-fogo

A Arménia declarou a lei marcial e mobilização militar total depois de confrontos com forças do Azerbaijão no enclave de Nagorno-Karabakh, anunciou neste domingo,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.