- Publicidade-
InicioEconomiaIANORQ vai fiscalizar medidas de taxímetros e radares

IANORQ vai fiscalizar medidas de taxímetros e radares

Angop

O Instituto Angolano de Normalização e Qualidade (IANORQ) está a criar condições para passar a aferir metrologia (medidas) dos sistemas de taxímetros, alcoolímetros, radares e câmaras frigoríficas.

Com esta iniciativa, o IANORQ, afecto ao Ministério da Indústria, quer aferir se os instrumentos de medidas acima referidos tem sido devidamente calibrados, sem prejuízos dos utentes, de acordo com o seu director-geral adjunto, Homar Simão.

Ao falar à margem do workshop em alusão ao Dia Mundial da Metrologia, assinalado a 20 de Maio, explicou que se uma balança estiver a medir de forma errada, o resultado final é tido como de qualidade duvidosa, estando por isso à margem das normas internacionais e da Lei vigente.

Sem avançar números, referiu que casos de instrumentos de medição já foram bloqueados pelo IANORQ, porque não estavam em conformidade com a legislação.

Actualmente, o IANORQ confere, de forma periódica, sistemas de metrologia de bombas de combustíveis, balanças comerciais e de gestão de parques de estacionamentos a nível do País.

Está em vigor revisão do sistema de unidades

No workshop, o secretário de Estado da Indústria, Ivan do Prado, anunciou que está em vigor, desde o dia 20 de Maio, o sistema internacional de unidades, adoptado na 26º Conferência Geral de Pesos e medidas(CGPM), realizado em Novembro de 2018.

Ivan do Prado, que presidiu a cerimónia de abertura do workshop em Alusão ao Dia Mundial da Metrologia, assinalado a 20 de Maio, referiu que, com este passo dado, fica formalizada a decisão que torna efectiva as definições revistas do quilograma (massa), ampere (corrente eléctrica), Kelvin (temperatura termodinâmica) e Mol (quantidade de substância) quatro das sete unidades de medida em que se baseia o sistema Internacional de unidades (SI).

Estas medidas agora são obtidas de acordo com constantes física da natureza em vez de objectos palpáveis.

Por exemplo, o ampére, medido pela carga de um elétron, o mol, definido pela constante de Avogadro e o kelvin, medido pela constante de Boltzmann, também passaram a ser calculados em valores exactos.

O Kelvin, por exemplo, a unidade de temperatura, será definido em função da constante de Boltzmann, que relaciona temperatura à energia molecular.

O mol, a unidade usada para medir a quantidade de matéria microscópica, é actualmente definido em função da massa medida em quilogramas, mas passa a ser mensurado com base na quantidade específica de átomos dentro de um sistema.

Com esta novas definições, de acordo com Ivan do Prado, fica assegurada a rastreabilidade das unidades de medição ao mais elevado nível de rigor e exactidão, aumentado a confiança dos agentes económicos e consumidores finais.

“ Hoje a metrologia joga cada vez mais um papel importante na dinâmica e desenvolvimento de qualquer economia”, considerou o responsável, sublinhando que as mudanças actuais no mundo industrial e não só, não seria possível sem uma boa metrologia.

Considerando o estado de desenvolvimento da indústria em Angola, Ivan do Prado defende maior aposta na verificação e calibração metrológica dos equipamentos de medição.

Entretanto, diz ser fundamentado que o País mantenha e desenvolva uma infra-estrutura metrológica moderna e activa colocando-a ao serviço do bem-estar, saúde segurança da população .

O Dia Mundial da Metrologia que foi assinado este ano sob lema “ O Sistema Internacional de Unidades Fundamentalmente Melhor” engloba todos os aspectos teóricos e práticos da medição, qualquer que seja a incerteza de medição e o campo de aplicação.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.