- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Combatentes líbios condenam Macron por interferência no país

Combatentes líbios condenam Macron por interferência no país

Euronews

Perto da linha de frente de Ztarna, nos arredores de Trípoli, um hospital de campanha deixa antever as cicatrizes da guerra na Líbia.

Os militares acusam o presidente francês Emmanuel Macron de apoiar politica e militarmente as forças de Khalifa Haftar. Alegam que foram eles quem expulsou o Daesh do país, em 2016, eles, os mesmos que agora são chamados terroristas.

“Os que agora estão com Haftar não combateram o terrorismo. Nós combatemos… A verdadeira guerra, que travámos por sete ou oito meses e que resultou no martírio de mais de 700 pessoas e deixou 12 mil feridos. Dizem que estão a lutar contra o terrorismo em Trípoli e que estes são terroristas? Eles lutaram comigo contra o Daesh!”, afirma Mohamed Khalil Issa, comandante da brigada Yatrib.

Os combatentes dizem que estão ali para defender o país e o futuro. Acreditam que Haftar é uma ameaça ao caminho da Líbia para a democracia e a estabilidade, e que a comunidade internacional deveria estar a fazer muito mais para acabar com esta guerra.

Uma guerra que, dizem, querem ver terminada o mais rapidamente possível e que preferiam nunca ter iniciado.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Laboratório de RTPCR de Benguela avariado

Duas mil amostras estão pendentes devido a uma avaria registada no único laboratório de testagem da Covid-19 (RTPCR) de Benguela, que atende a região...
- Publicidade -

Garimpeiros morrem soterrados em Chipindo

Um desabamento de terra em minas ilegais de exploração de ouro provocou a morte de três garimpeiros no município de Chipindo, que dista a...

MPLA lamenta morte do deputado Mendes Bartolomeu

O Secretariado do Bureau Político do MPLA, manifestou, nesta terça-feira, consternação pela morte do deputado Mendes Bartolomeu. O deputado do MPLA morreu, nesta terça-feira, numa...

Empresa de Isabel dos Santos impugna nacionalização de Efacec

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, anunciou ter apresentado uma acção de impugnação da decisão do Governo português de...

Notícias relacionadas

Covid-19: Laboratório de RTPCR de Benguela avariado

Duas mil amostras estão pendentes devido a uma avaria registada no único laboratório de testagem da Covid-19 (RTPCR) de Benguela, que atende a região...

Garimpeiros morrem soterrados em Chipindo

Um desabamento de terra em minas ilegais de exploração de ouro provocou a morte de três garimpeiros no município de Chipindo, que dista a...

MPLA lamenta morte do deputado Mendes Bartolomeu

O Secretariado do Bureau Político do MPLA, manifestou, nesta terça-feira, consternação pela morte do deputado Mendes Bartolomeu. O deputado do MPLA morreu, nesta terça-feira, numa...

Empresa de Isabel dos Santos impugna nacionalização de Efacec

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, anunciou ter apresentado uma acção de impugnação da decisão do Governo português de...

Serena “escuta” o tendão de Aquiles e decide abandonar Roland Garros

Serena Williams optou por desistir do torneio de Roland Garros pouco antes de enfrentar a búlgara Tsvetana Pironkova e volta a perder a oportunidade...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.