Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Cabo Verde: 53 mil crianças e jovens com isenção de propinas até 2021

Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro de Cabo Verde (DR)

RFI | Isabel Pinto Machado

Esta quarta-feira numa grande entrevista o primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva fez o balanço dos três anos na chefia do governo e entre outros anunciou que até 2021 pretende que 53 mil crianças e jovens sejam isentas de propinas.

O governo estipula como meta, até 2021, ter 53 mil crianças e jovens com isenção de propinas, anunciou esta quarta-feira (22/05) o primeiro-ministro Ulisses correia e Silva ao fazer o balanço de três anos de governação.

“Subsidiamos hoje mais de 4 mil crianças, filhas de famílias carenciadas, a supressão de propinas é uma transferência de rendimento para as famílias…até 2021 teremos 53 mil crianças e jovens em Cabo Verde isentas de pagamento de propinas, isto vai representar um ganho significativo no acesso e também no retorno de rendimento às famílias”.

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, durante uma grande entrevista televisiva na quarta-feira à noite (22/05), aos principais órgãos de comunicação social do arquipélago, durante a qual fez o balanço dos três anos de governação e entre outros pontos destacou as suas grandes opções de políticas sociais como por exemplo a introdução das tarifas sociais de água e energia, que irão beneficiar 23 mil famílias e o programa de reabilitação de casas, já que existem no país 8 mil casas em “situação dramática”.

O governo de Ulisses Correia e Silva tem ainda, entre outros, um plano nacional de cuidados, virado essencialmente para os idosos, crianças e pessoas com deficiências, e pretende também que o turismo nas ilhas do Sal e Boa Vista seja “mais inclusivo e com coesão social”.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »