Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Seis mortos e mais de 200 feridos em protestos em Jacarta

Manifestantes indonésios na rua em protesto contra os resultados das eleições (presidenciais© EPA/MAST IRHAM)

Anúncio antecipado dos resultados eleitorais que mantêm presidente no cargo motivaram onda de protestos na capital indonésia.

Pelo menos seis pessoas morreram e 200 ficaram feridas em Jacarta, em protestos ocorridos desde a noite de terça-feira contra os resultados das eleições que reelegeram o presidente, Joko Widodo, indicaram as autoridades.

“Já morreram seis pessoas e mais de 200 estão feridas até às 09:00 da manhã”, disse o governador de Jacarta, Anies Baswedan, citado pelo diário Jacarta Post.

“Temos registo de seis mortos até ao momento. Dois no hospital Tarakan e outros nos hospitais de Pelni, Budi Kemulyaan, Cipto Mangunkusumo e RSAL Mintoharjo”, sublinhou Anies Baswedan..

De acordo com o JN que cita a Lusa, o governador fez um apelo à calma e acrescentou que o hospital de Tarakan recebeu o maior número de feridos.

“Por favor manifestem-se, mas de forma ordeira e pacífica. Já pedi aos agentes de segurança para que tenham controlo e evitem conflitos com os manifestantes”, referiu.

Durante a noite manifestantes atacaram um quartel da brigada móvel de polícia, e queimaram várias viaturas, o que levou à detenção de pelo menos 20 pessoas.

Os confrontos começaram depois de uma manifestação de apoiantes do ex-general Prabowo Subianto, derrotado nas eleições de 17 de abril. Subianto anunciou já que vai contestar os resultados junto do Tribunal Constitucional.

Desde terça-feira que a polícia indonésia reforçou as medidas de segurança, num estado de alerta máximo que se vai prolongar até ao final da semana.

Na terça-feira, um dia antes do previsto, a Comissão Geral de Eleições anunciou que o Presidente da Indonésia, Joko Widodo, foi reeleito para um segundo mandato, com 55,5% dos votos, contra 44,50% obtidos pelo rival Prabowo Subianto.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »