Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Departamento de Paz e Segurança da União Africana quer quadros angolanos

Angola é membro da União Africana há 43 anos (ANGOP)

O Comissário para a Paz e Segurança da Comissão da União Africana, Smail Chergui, manifestou terça-feira, total disponibilidade em trabalhar com Angola, para a inserção de quadros angolanos no departamento que dirige.

Segundo a Angop, a disposição foi expressa numa audiência concedida ao Embaixador de Angola na Etiópia e Representante Permanente junto da União Africana e Comissão Económica das Nações Unidas para África, Francisco da Cruz, acompanhado do Adido de Defesa, Coronel Carlos dos Santos e outros três diplomatas angolanos.

O argelino agradeceu o apoio e o importante papel de Angola em prol da UA e do Conselho de Paz e Segurança (CPS), o que motivou uma profunda análise sobre a possibilidade de preenchimento de vagas no seu departamento por angolanos, com o perfil exigido, nomeadamente, na vertente político-diplomática.

Por seu lado, o Embaixador Francisco da Cruz reiterou o interesse das autoridades angolanas em inserir quadros nacionais nas diversas estruturas da UA, condizente com o estatuto de ser o sexto maior contribuinte da organização e um dos principais do Fundo de Paz.

Entretanto, o encontro serviu igualmente para abordar preocupações de índole de Paz e Segurança em África, nomeadamente em países como Moçambique, República Democrática do Congo, República Centro-Africana e região do Sahel.

O Departamento de Paz e Segurança da UA apoia o Conselho de Paz e Segurança, mormente na prevenção de conflitos, gestão de crises e reconstrução pós-conflito, defesa e segurança e operações de apoio à paz.

A cumprir o seu terceiro mandato (2018/2020), Angola está no CPS juntamente com o Ruanda, Congo, Djibouti, Egipto, Guiné Equatorial, Gabão, Quénia, Libéria, Marrocos, Nigéria, Serra Leoa, Togo, Zâmbia e Zimbabwe.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »