Portal de Angola
Informação ao minuto

Cidadão adoentado pede ajuda à sociedade civil

Gabriel Chaves diz que corre o risco de ficar paralítico e cego (Fotografia: Daniel Benjamim | Edições Novembro Moxico)

JA

Gabriel Chaves, de 58 anos, que vive na cidade do Luena, no bairro Saidy Mingas, pede o apoio da sociedade, pois está com uma fractura nos membros inferiores e fraca visão desde 2006.

Diz que é viúvo, pai de nove filhos e que já foi submetido a uma cirurgia no Hospital do Prenda, em Luanda, mas a gravidade da fractura, segundo o parecer médico, dificultou a operação das duas pernas em simultâneo, sob pena de ficar paralítico.

Acrescenta que neste momento está com sérios problemas e para se movimentar precisa do apoio de duas muletas, devido à fraca mobilidade dos pés.

Na tentativa de recuperar a visão, Gabriel Chaves procurou os serviços do Instituto Oftalmológico de Luanda e por duas vezes deslocou-se a Benguela, mas nunca conseguiu encontrar melhorias.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »