Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Presidente, governadores e ministros analisam desconcentração e descentralização do Estado angolano

Presidente da República, João Lourenço, a chegada a Malanje, durante a campanha eleitoral (DR)

VOA | Isaías Soares

O Conselho de Governação Local reuniu-se nesta terça-feira, 21, em Malanje para definir acções concretas ligadas à descentralização e desconcentração da actividade central do Estado.

O Presidente da República, João Lourenço, dirigiu os trabalhos que decorreram à porta fechada, tendo na agenda a gestão das administrações municipais, a municipalização dos serviços de saúde e o ordenamento do território e ambiente.

O governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos, num memorando sobre a situação social da província, antevia uma maior atenção do órgão para a solução dos problemas que afectam a sua área de jurisdição.

“As infra-estruturas integradas (requalificação dos bairros), e começamos no Ritondo e Carreira de Tiro, estávamos agora na Canâmbua, Maxinde e parou este projecto que estamos a retomar agora 2019. Vamos ouvir qual será a resposta que será dada”, defendeu o governador, que, no domínio da energia e águas defendeu “estender a energia para os restantes municípios, particularmente para as áreas em que nós queremos produzir”.

Dezoito governadores provinciais, 14 ministérios e secretários de Estado participam no encontro em Malanje, o terceiro depois da sua instituição em decreto presidencial não ano passado.

O Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado apresentou uma proposta do plano integrado de intervenção nos municípios.

No domínio da saúde, também esteve em carteira os desafios da logística de medicamentos e as normas de vigilância epidemiológica.

Além da reunião do Conselho de Governação Local, que no envio do fecho desta reportagem ainda decorria, a agenda do Presidente da República incluía a entrega de instrumentos agrícolas para o fomento da agricultura familiar numa exposição alimentícia e audiências separadas líderes religiosos e da sociedade.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »