- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ciências e Tecnologia Gosta de cães? A resposta está na genética

Gosta de cães? A resposta está na genética

Estudo conclui que ter um cão pode ser decidido pela genética.
Um estudo divulgado no jornal Scientific Report concluiu que a genética tem influência sobre a decisão de ter um cão.

Cientistas suecos e britânicos cruzaram a informação de mais de 35 mil pares de gémeos com os dados de registos de cães na Suécia para chegar a esta conclusão. O resultado mostra um componente hereditário impresso nos genes humanos que influencia a escolha de ter ou não um cão.

Da mesma forma, explica a SIC Notícias, os especialistas acreditam que pode estar neste componente a explicação por que certas pessoas não têm capacidade para interagir com estes animais ou, muitas vezes, sentem mesmo medo deles.

A partir da investigação, foi possível descobrir também que os donos, na amostra estudada, são na sua maioria mulheres, e que os gémeos idênticos apresentam uma taxa maior do que os não-idênticos para ter cães, sustentando assim a ideia de que a genética desempenha um papel fundamental na escolha.

“Algumas pessoas carregam genes que aumentam a probabilidade de quererem um cão (…) A escolha de possuir e cuidar de um cão depende parcialmente dos genes herdados dos pais. (…) Este tipo de estudo não pode dizer-nos exactamente quais são os genes envolvidos, mas demonstra, pela primeira vez, que tanto a genética como o ambiente desempenham papéis iguais na determinação de ter cães”, explicou explicou Patrik Magnusson, professor de epidemiologia, à BBC.

O especialista em interacção Homem-animal, Carri Westgarth, da Universidade de Liverpool, acredita que esta investigação pode ser um passo importante para ajudar a compreender os benefícios obtidos por algumas pessoas no convívio com os animais.

- Publicidade -
- Publicidade -

Bonga: “Os prémios todos que tenho no estrangeiro, não os tenho em Portugal”

Bonga Kuenda é o semba e a vivência clandestina. Foi nos 'musseques', bairros típicos de Angola que José Adelino Barceló de Carvalho viveu e cresceu,...
- Publicidade -

Governo aceita criar um apoio para que ninguém fique com rendimentos abaixo do limiar da pobreza

Seguem as negociações do Orçamento do Estado para 2021, com várias reuniões marcadas para esta semana com os partidos de esquerda. Esta semana deverão...

Deputado denuncia inércia da Procuradoria do Namibe frente a casos de peculato

O deputado independente Sampaio Mucanda denunciou que vários gestores públicos na província angolana do Namibe envolvidos em casos de peculato não são investigados e...

Banca portuguesa ensombrada com novos despedimentos

A Agência de 'rating' Fitch, no final de Julho, considerava que, face à nova ameaça para o sector bancário português que representa a crise...

Notícias relacionadas

Bonga: “Os prémios todos que tenho no estrangeiro, não os tenho em Portugal”

Bonga Kuenda é o semba e a vivência clandestina. Foi nos 'musseques', bairros típicos de Angola que José Adelino Barceló de Carvalho viveu e cresceu,...

Governo aceita criar um apoio para que ninguém fique com rendimentos abaixo do limiar da pobreza

Seguem as negociações do Orçamento do Estado para 2021, com várias reuniões marcadas para esta semana com os partidos de esquerda. Esta semana deverão...

Deputado denuncia inércia da Procuradoria do Namibe frente a casos de peculato

O deputado independente Sampaio Mucanda denunciou que vários gestores públicos na província angolana do Namibe envolvidos em casos de peculato não são investigados e...

Banca portuguesa ensombrada com novos despedimentos

A Agência de 'rating' Fitch, no final de Julho, considerava que, face à nova ameaça para o sector bancário português que representa a crise...

Mãe é acusada de matar filha ao desligar dispositivo de oxigénio

Elise C. Nelson, de Paynesville, nos EUA, foi acusada de homicídio depois de, supostamente, ter desligado o alarme do dispositivo de monitoramento de oxigénio...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.