- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Agredia a mulher há cerca de 60 anos e só agora foi...

Agredia a mulher há cerca de 60 anos e só agora foi detido

JN

A GNR deteve, esta segunda-feira, em Arcozelo, Gaia, um homem, de 81 anos, que agredia a mulher, de 78, há cerca de 60 anos. O quadro de violência agravou-se, nos últimos anos, com o agravar do estado de demência do idoso, que ficou detido preventivamente.

A investigação, a cargo do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto (NIAVE) da GNR, apurou que o suspeito há cerca de 60 anos que, de forma reiterada, injuriava, ameaçava e agredia fisicamente a vítima, de 78 anos.

Segundo a GNR esclareceu em comunicado, “nos últimos anos o suspeito desenvolveu um quadro de demência, tornando-se mais perigoso para a vítima e para a sua própria pessoa, tendo chegado a provocar um incêndio na habitação”.

Os militares do NIAVE, apoiados pelo Destacamento de Intervenção do Porto, procederam à detenção do indivíduo, através do cumprimento de um mandado de detenção.

O suspeito foi presente ao Tribunal Judicial do Porto, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva, tendo recolhido ao Estabelecimento Prisional do Porto.

- Publicidade -
- Publicidade -

Que terceiro Presidente queremos?

Quando, há três anos, assistimos à primeira grande transição geracional do poder em Angola, para trás a história registava a passagem por aqui de...
- Publicidade -

Caso São Vicente: PGR confia na recuperação do dinheiro e admite ouvir personalidades da Sonangol

A Procuradoria Geral da República (PGR) de Angola assegura que tudo está a fazer para recuperar os 900 milhões de dólares congelados na conta...

Ministério Público quer agravar pena de prisão a “Zénu” dos Santos e co-acusados

O Tribunal Supremo (TS) de Angola terá que decidir se vai agravar ou aliviar as sentenças impostas aos acusados no “processo dos 500 milhões”. O...

Sociedade civil e partidos extra-parlamentares estão “vigilantes” com a criação da frente patriótica

O Ex-secretário Executivo do Comité Intereclesial para a Paz em Angola (COIEPA), reverendo Ntony Njnga, felicitou a iniciativa de se criar uma Frente Patriótica...

Notícias relacionadas

Que terceiro Presidente queremos?

Quando, há três anos, assistimos à primeira grande transição geracional do poder em Angola, para trás a história registava a passagem por aqui de...

Caso São Vicente: PGR confia na recuperação do dinheiro e admite ouvir personalidades da Sonangol

A Procuradoria Geral da República (PGR) de Angola assegura que tudo está a fazer para recuperar os 900 milhões de dólares congelados na conta...

Ministério Público quer agravar pena de prisão a “Zénu” dos Santos e co-acusados

O Tribunal Supremo (TS) de Angola terá que decidir se vai agravar ou aliviar as sentenças impostas aos acusados no “processo dos 500 milhões”. O...

Sociedade civil e partidos extra-parlamentares estão “vigilantes” com a criação da frente patriótica

O Ex-secretário Executivo do Comité Intereclesial para a Paz em Angola (COIEPA), reverendo Ntony Njnga, felicitou a iniciativa de se criar uma Frente Patriótica...

EUA contrabandeiam petróleo para fora da Síria durante a noite em 35 camiões-cisterna, diz mídia

A região do nordeste da Síria contém a maior parte das reservas de petróleo do país e é também o território onde a maioria...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.