- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Médio Oriente "Provocações genocidas" de Trump não acabarão com o Irão - Javad Zarif

“Provocações genocidas” de Trump não acabarão com o Irão – Javad Zarif

De acordo com a France Press, o ministro iraniano das Relaciones Exteriores, Mohamad Javad Zarif, respondeu nesta segunda-feira as últimas ameaças de Donald Trump e afirmou que “as provocações genocidas” do presidente dos Estados Unidos “não acabarão com o Irão”.

“Os iranianos permaneceram de pé durante milénios enquanto todos os agressores foram embora”, escreveu Zarif na sua conta no Twitter depois que Trump afirmou na véspera na mesma rede social: “Se o Irão quer lutar, este será o fim oficial do Irão”.

“O terrorismo económico e as provocações genocidas não acabarão com o Irão. Nunca ameace um iraniano. Tente o respeito. Funciona”, completou o ministro.

A relação entre os dois países piorou consideravelmente nas últimas semanas, depois que os Estados Unidos reforçaram a sua presença militar no Golfo Pérsico para aumentar a pressão sobre o governo de Teerão, que acusa de preparar ataques contra os seus interesses na região.

O governo americano enviou um porta-aviões e bombardeiros B-52, em resposta a supostas fotografias que mostravam que o Irão havia carregado mísseis em pequenas embarcações.

Além disso, o governo americano retirou alguns funcionários diplomáticos do Iraque, citando ameaças de grupos armados iraquianos apoiados pelo Irão.

A tensão aumenta entre Estados Unidos e Irão desde que Trump decidiu, no ano passado, retirar os EUA do acordo internacional alcançado em 2015 para limitar o programa nuclear iraniano em troca da suspensão das sanções contra Teerão. Washington voltou a impor severas sanções à República Islâmica.

- Publicidade -
- Publicidade -

Cientistas russos descobrem antibiótico natural revolucionário

Cientistas russos foram os primeiros a encontrar um antibiótico natural universal capaz de superar a resistência de patógenos a medicamentos. De acordo com os autores...
- Publicidade -

Museu dos Reis do Kongo encerra para manutenção do acervo

O museu dos Reis do Kongo, localizado na cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, vai, a partir desta quarta-feira (23), encerrar...

Faz 20 anos que José Mourinho se estreou no banco de suplentes como treinador principal

Treinador português conquistou até agora 25 títulos, entre eles duas ligas dos campeões e duas ligas europas. Faz esta quarta-feira 20 anos desde que José...

Ministro rejeita ‘herdar’ inquérito de Bolsonaro

Responsável pela decisão que paralisou a investigação sobre suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)...

Notícias relacionadas

Cientistas russos descobrem antibiótico natural revolucionário

Cientistas russos foram os primeiros a encontrar um antibiótico natural universal capaz de superar a resistência de patógenos a medicamentos. De acordo com os autores...

Museu dos Reis do Kongo encerra para manutenção do acervo

O museu dos Reis do Kongo, localizado na cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, vai, a partir desta quarta-feira (23), encerrar...

Faz 20 anos que José Mourinho se estreou no banco de suplentes como treinador principal

Treinador português conquistou até agora 25 títulos, entre eles duas ligas dos campeões e duas ligas europas. Faz esta quarta-feira 20 anos desde que José...

Ministro rejeita ‘herdar’ inquérito de Bolsonaro

Responsável pela decisão que paralisou a investigação sobre suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)...

Manuel Nunes Júnior: “Ajustamento cambial é medida de grande alcance”

O ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, considerou o ajustamento do mercado cambial como uma medida de grande alcance, que...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.