- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Homem mata esposa depois de alegadamente a confundir com assaltante

Homem mata esposa depois de alegadamente a confundir com assaltante

Um homem de 43 anos matou a tiro a sua mulher, de 37, depois de alegadamente a confundir com um assaltante no interior da sua residência, no bairro Tenente-Coronel Kimba, cidade e província de Cabinda.

O incidente ocorreu na madrugada de Domingo, 19, no bairro Tenente-Coronel Kimba, zona do Povo Grande, quando Paulo Zau disparou contra a sua mulher porque, segundo a versão que contou à polícia, a confundiu com um meliante.

A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois e o homem foi indiciado por crime de homicídio qualificado, referiu ao NJOnline fonte do Serviço de Investigação Criminal (SIC).

A fonte do SIC-Cabinda que não quis ser identificado, revelou que Paulo Zau ligou para as autoridades por volta das 03:30 a informar que tinha “acabado de disparar contra o que acreditava ser um intruso que lhe tinha invadido a casa”.

“Já durante a chamada o homem identificou o intruso como sendo a sua mulher. Ele (o presumível autor do crime), diz que sofria constantes assaltos na sua residência, e por essa razão, passava as noites na sala armado com uma pistola”, disse esta fonte do SIC, acrescentando que o suspeito argumentou ter ouvido movimentos estranhos durante a madrugada, “pegou na arma e efectuou disparos que resultaram na morte da sua mulher”.

De acordo com as autoridades, o incidente está a ser investigado para apurar melhor a veracidade dos factos, porque não é ainda claro que a sucessão de acontecimentos que vitimaram uma pessoa seja aquela que o autor dos tiros fatais contou em interrogatório policial.

“Paulo Zau foi conduzido ontem, Domingo, à esquadra policial e será hoje, segunda-feira,20, presente ao Ministério Público (MP) para os devidos procedimentos legais”, disse.

- Publicidade -
- Publicidade -

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...
- Publicidade -

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Notícias relacionadas

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.