- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques PR homenageia membros da missão humanitária a Moçambique

PR homenageia membros da missão humanitária a Moçambique

O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, outorgou hoje, sexta-feira, certificados de mérito aos 128 integrantes da missão humanitária angolana com o povo da República de Moçambique, vítima do ciclone IDAI que assolou aquele país em Março último.

Segundo avança Angop, os certificados assinados pelo estadista foram entregues em cerimónia presidida pelo ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião, como prova do “reconhecimento da dedicação exemplar e desempenho” nas tarefas a que estavam acometidos no âmbito da solidariedade com Moçambique.

A catástrofe matou mais de 600 pessoas (seiscentas), feriu mais de 1.600 (mil e seiscentas) e desalojou milhares de famílias, que precisam de ajuda humanitária.

Pedro Sebastião disse que Angola é uma nação com fortes tradições de solidariedade, que se fizeram sentir nos diversos momentos da sua história.

Angola conhece o valor da palavra solidariedade e encara a solidariedade como um meio para fortalecer os laços históricos de amizade com outros países, principalmente, os da região africana, acrescentou o ministro de Estado.

Pedro Sebastião sublinhou haver consciência que o mundo actual encontra-se profundamente interligado e os resultados negativos de um fenómeno natural reflectem-se seriamente na vida de outros povos, principalmente no que respeita aos fenómenos climático ou ecológico.

O Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, Egídio de Sousa Santos “Disciplina”, transmitiu aos presentes gratidão, estima e admiração, por terem cumprido com zelo a missão que lhes foi confiada pela pátria.

O General Disciplina exortou os militares angolanos a seguirem o “brilhante exemplo de patriotismo e bravura” dado pelos integrantes da missão humanitária a Moçambique, frisou.

A equipa multidisciplinar, composta por militares e civis, foi criada por orientação do Presidente da República, com o objectivo de apoiar a população de Sofala, principal vítima da calamidade, nas vertentes de assistência médica medicamentosa, transporte, logística e infra-estrutura.

Angola participou com 128 efectivos entre médicos, enfermeiros, técnicos de laboratório, e epidemiologistas, que durante 40 dias na província de Sofala, cidade da Beira, desenvolveram durante a fase de emergência e pós-emergências, várias actividades nos distritos de Dondo e Beira.

- Publicidade -
- Publicidade -

FC Porto goleia Boavista

O FC Porto goleou neste sábado o Boavista, por 5-0, em jogo da segunda jornada do campeonato português de futebol da primeira divisão, mantendo...
- Publicidade -

Brasileiros brilham em novela portuguesa indicada ao Emmy

Os indicados ao Emmy foram anunciados na semana passada e o Brasil teve sete obras seleccionadas pela Academia Internacional de Artes e Ciências da...

Finanças defende pagamento dos impostos de exploração à fonte

O delegado das Finanças na Lunda Norte, Anastor Ucueiânga, defende que o pagamento das obrigações fiscais referente à exploração de diamantes sejam feitas localmente,...

Procuradoria moçambicana formaliza acusação de tráfico de drogas contra 11 paquistaneses

A Procuradoria da República na província moçambicana de Cabo Delgado anunciou nesta segunda-feira, 28, ter acusado formalmente 11 cidadãos do Paquistão de tráfico de...

Notícias relacionadas

FC Porto goleia Boavista

O FC Porto goleou neste sábado o Boavista, por 5-0, em jogo da segunda jornada do campeonato português de futebol da primeira divisão, mantendo...

Brasileiros brilham em novela portuguesa indicada ao Emmy

Os indicados ao Emmy foram anunciados na semana passada e o Brasil teve sete obras seleccionadas pela Academia Internacional de Artes e Ciências da...

Finanças defende pagamento dos impostos de exploração à fonte

O delegado das Finanças na Lunda Norte, Anastor Ucueiânga, defende que o pagamento das obrigações fiscais referente à exploração de diamantes sejam feitas localmente,...

Procuradoria moçambicana formaliza acusação de tráfico de drogas contra 11 paquistaneses

A Procuradoria da República na província moçambicana de Cabo Delgado anunciou nesta segunda-feira, 28, ter acusado formalmente 11 cidadãos do Paquistão de tráfico de...

Turquia apela ao fim da “ocupação” arménia do Nagorno-Karabakh

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan apelou, esta segunda-feira, ao fim da “ocupação” arménia do Nagorno-Karabakh para acabar com os confrontos mortíferos que opõem...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.