Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Especialista aponta stress como factor da hipertensão

(DR)

O stress prolongado e a alimentação desregrada são factores propensos ao surgimento de casos de hipertensão arterial, tanto em Angola como no mundo, afirmou hoje, sexta-feira, em Luanda, o médico cardiologista Romeu Aguiar.

O médico, que falava à Angop no âmbito do Dia Mundial da Hipertensão, a assinalar-se hoje, disse que, além dos factores acima referidos, a doença também está ligada a causas genéticas.

Segundo o especialista, a sociedade em que se vive oferece muitos factores de stress, nomeadamente desemprego, engarrafamentos excessivos, entre outros.

Diariamente, informou, atende, aproximadamente, 50 pessoas, só num período, com idades compreendidas dos 30 aos 60 anos.

A doença é um sorvedouro de recursos financeiros para a maioria das pessoas afectadas, que se tornam doentes crónicos ou perdem a vida em resultado da sua enfermidade. Em alguns casos, os doentes não procuram tratamento para a hipertensão na sua fase inicial porque não conseguem ter acesso aos cuidados de que necessitam.

A hipertensão, considerou, é um assassino silencioso que pode afectar qualquer um. Frequentemente, as pessoas afectadas nem sequer sabem que sofrem de hipertensão e desconhecem as suas complicações.

Explicou que ao longo do tempo, os efeitos da hipertensão podem incluir: ataque cardíaco, insuficiência renal, AVC, morte prematura e incapacidade.

“Os estilos de vida pouco saudáveis como alimentação desequilibrada, falta de exercício físico, tabagismo e uso nocivo do álcool aumentam as probabilidades de se desenvolver hipertensão”, acrescentou.

Para o médico, os resultados são devastadores, tais como morte prematura, incapacidade, perda de rendimentos, redução da mão-de-obra e despesas elevadas com a saúde, com consequências negativas para famílias, comunidades e orçamentos nacionais.

Na maioria dos casos, garantiu, a hipertensão é evitável e tratável. O risco de se desenvolver hipertensão pode ser minimizado através da redução do consumo de sal, mantendo uma alimentação equilibrada, evitar o uso nocivo do álcool e abster-se do consumo de tabaco.

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença que ataca os vasos sanguíneos, coração, cérebro, olhos e pode causar paralisação dos rins. Ocorre quando a medida da pressão se mantém frequentemente acima de 140 por 90 mmHg. Essa doença é herdada dos pais em 90% dos casos, mas há vários factores que influenciam nos níveis de pressão arterial, entre eles:

O Dia Mundial da Hipertensão é resultado de uma parceria entre várias entidades: International Society of Hypertension (ISH), World Kidney Day (WKD), World Action on Salt and Health (WASH) e International Diabetes Federation (IDF).

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »