Radio Calema
InicioMundo LusófonoPortugalNão havia tantos funcionários públicos desde 2013 em Portugal

Não havia tantos funcionários públicos desde 2013 em Portugal

O número de funcionários públicos cresceu 2,3% no primeiro trimestre deste ano, quando comparado com igual período de 2018. A subida, potenciada pela integração dos trabalhadores com vínculo precário, elevou para 690.079 os empregados do Estado, em março, avança nesta quinta-feira o Diário de Notícias.

O jornal refere que se trata do valor mais alto desde 2013 e o ritmo de crescimento mais elevado desde a entrada da Troika em Portugal, em 2011.

De acordo com o Observador, este aumento é explicado “em grande parte” pela Direção-Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP) ao Diário de Notícias com a admissão, ainda não concluída, dos chamados precários, “em particular nas carreiras de assistente operacional, assistente técnico e técnico superior”.

O número pode pois crescer. Como o DN recorda, no final de abril, o ministro das Finanças adiantou terem sido aprovados mais de 16 mil processos.

Desde dezembro último que entraram 6500 pessoas para os quadros do Estado. Os setores que registaram maiores ingressos de novos funcionários foram os da saúde e da educação com respetivamente, mais 1.871 e 2.826.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.