- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política Fundação António Agostinho Neto distingue Nacionalista moçambicano

Fundação António Agostinho Neto distingue Nacionalista moçambicano

A Fundação António Agostinho Neto (FAAN) outorga, na sexta-feira, em Luanda, a Ordem Sagrada Esperança ao nacionalista moçambicano Marcelino dos Santos, pelo empenho na luta de libertação nacional de Moçambique e de outros países do continente africano.

A Ordem Sagrada Esperança, criada a 2 de Março de 2015, é uma ordem honorífica da FAAN, destinada a galardoar ou distinguir, em vida ou a título póstumo, os cidadãos nacionais ou estrangeiros que se notabilizaram por actos excepcionais ou quem tenha prestado serviços relevantes à luta de libertação nacional em Angola.

Em comunicado, a FAAN esclarece que a sessão solene de outorga da Ordem Sagrada Esperança a Marcelino dos Santos tem lugar em Luanda, na presença do embaixador interino de Moçambique, devido à idade avançada do nacionalista moçambicano, que o impossibilita de se deslocar a Angola.

Entretanto, uma delegação da FAAN fará a entrega da medalha e diploma em Maputo, no 90º aniversário de Marcelino dos Santos, a ser celebrado na próxima segunda-feira, dia 20.

Nascido a 20 de Maio de 1929, Marcelino dos Santos é um político e poeta moçambicano. Foi membro fundador da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO), onde chegou a vice-presidente.

Depois da Independência de Moçambique, a 25 de Junho de 1975, Marcelino dos Santos foi ministro da Planificação e Desenvolvimento, cargo que deixou em 1977 com a constituição do primeiro Parlamento do país (nessa altura designado “Assembleia Popular”), do qual foi presidente até à realização das primeiras eleições multipartidárias, em 1994. Com os pseudónimos “Kalungano” e “Lilinho Micaia”, Marcelino dos Santos tem poemas publicados no “Brado Africano” e em duas antologias publicadas pela Casa dos Estudantes do Império, em Lisboa.

Com o seu nome oficial, tem um único livro publicado pela Associação dos Escritores Moçambicanos (AEM), em 1987, intitulado “Canto do Amor Natural”.

- Publicidade -
- Publicidade -

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...
- Publicidade -

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Notícias relacionadas

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.