- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Empresa Engevia estanca ravinas na Lunda Sul

Empresa Engevia estanca ravinas na Lunda Sul

O Ministério da Construção adjudicou, quarta-feira, as obras para o estancamento de duas ravinas com níveis de progressão avançada, localizadas nos bairros Txizainga e Passa-bem, no município de Saurimo, província da Lunda Sul, à empresa Engevia.

Segundo avança Angop, o chefe do Departamento de Monitoramento de obras do Ministério da Construção, Simão Helena, que avançou a informação à imprensa, disse que os trabalhos têm com a previsão de duração de nove meses.

Salientou que os projectos estão orçados em três mil milhões 639 milhões 489 mil e 699 kwanzas, para a obra de Txizainga, enquanto a empreitada em Passa-Bem vai consumir 279 milhões 580 mil e 265 kwanzas.

Numa primeira fase, explicou, serão realizados trabalhos de terraplanagem, engenharia e bio-engenharia, escavação, aterro, construção de um canal e valas de drenagem.

Fez saber que as obras serão efectuadas numa área de aproximadamente 200 mil metros de comprimento e 30 de largura, cada uma, sendo que a primeira fase do plano vai garantir mais de 200 empregos, principalmente, para os jovens da região.

Anunciou que em Junho deste ano, o Ministério da Construção vai realizar um novo concurso público para empresas com capacidade de estacarem mais oito ravinas na província da Lunda Sul.

No total, a província da Lunda Sul existem 36 ravinas, dez das quais serão intervencionadas este ano.

O acto de consignação das obras foi testemunhado pelo governador da província da Lunda Sul, Daniel Neto, autoridades tradicionais, entre outras entidades.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Espanha notifica mais de 11 mil novos casos e 177 mortes

O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, 11.016 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais, de acordo com os meios de...
- Publicidade -

Elefantes agora estão a morrer no Zimbabwe devido a uma bactéria que provoca abundantes hemorragias internas

Depois de ter sido clarificado que mais de 300 elefantes morreram no Botswana devido a uma cianobactéria, que se reproduz especialmente rápido em charcos...

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Notícias relacionadas

Covid-19: Espanha notifica mais de 11 mil novos casos e 177 mortes

O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, 11.016 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais, de acordo com os meios de...

Elefantes agora estão a morrer no Zimbabwe devido a uma bactéria que provoca abundantes hemorragias internas

Depois de ter sido clarificado que mais de 300 elefantes morreram no Botswana devido a uma cianobactéria, que se reproduz especialmente rápido em charcos...

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Comissão de Reforma da IURD condena e se demarca da falsificação de documentos

A Comissão de Reforma da Igreja Universal em Angola demarcou-se recentemente de actos de irregularidade na tramitação do processo para a certificação da sua...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.