- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Trump adia por seis meses decisão sobre tarifas automóveis

Trump adia por seis meses decisão sobre tarifas automóveis

O presidente dos Estados Unidos deveria decidir até ao final desta semana se avançava ou não com a imposição de tarifas sobre o sector automóvel. Segundo a Bloomberg, esse veredicto foi adiado por seis meses, ou seja, até Outubro.

De acordo com o Negócios que cita a Bloomberg, o presidente dos Estados Unidos vai adiar por seis meses o seu veredicto sobre a imposição de tarifas à importação de automóveis, alargando desta forma o prazo para as negociações com a União Europeia e o Japão.

Esperava-se que Donald Trump decidisse se avançava ou não com a imposição de tarifas até à meia-noite (hora de Washington) desta sexta-feira, 18 de maio.

O presidente dos Estados Unidos ameaçava impor uma taxa alfandegária de 25% sobre os automóveis e peças automóveis importadas, alegando razões de segurança nacional, os mesmos motivos que justificaram a aplicação de tarifas sobre o aço e o alumínio.

A ameaça ao sector automóvel foi feita no ano passado mas, em julho, os Estados Unidos e a Europa concordaram suspender essa aplicação enquanto as duas partes negociavam novas relações económicas.

As negociações, porém, foram adiadas durante vários meses, sobretudo devido à resistência por parte dos franceses, que procuraram adiar o assunto para lá das eleições europeias de maio.

Por outro lado, a Alemanha, cujas exportações de carros para os EUA representam mais de metade do total de vendas automóveis da UE para os EUA, pressionou os restantes Estados-membros para que as negociações se iniciassem o mais rapidamente possível.

Mas só em Abril deste ano os Estados-membros deram o aval final para que se começassem as negociações comerciais do bloco com os Estados Unidos, que ainda mantém tarifas sobre o aço e o alumínio europeus.

Esta semana, na recta final para a decisão da administração Trump, a União Europeia revelou que já estava a preparar uma resposta, caso os Estados Unidos decidissem mesmo avançar com a ameaça.

Em entrevista à Bloomberg, Cecilia Malmstrom, comissária europeia para o Comércio, adiantou que Bruxelas já estava a preparar uma lista de produtos dos Estados Unidos que passariam a ser alvo de tarifas que, no total, incidiriam sobre importações no valor de sobre 20 mil milhões de euros.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Laboratório de RTPCR de Benguela avariado

Duas mil amostras estão pendentes devido a uma avaria registada no único laboratório de testagem da Covid-19 (RTPCR) de Benguela, que atende a região...
- Publicidade -

Garimpeiros morrem soterrados em Chipindo

Um desabamento de terra em minas ilegais de exploração de ouro provocou a morte de três garimpeiros no município de Chipindo, que dista a...

MPLA lamenta morte do deputado Mendes Bartolomeu

O Secretariado do Bureau Político do MPLA, manifestou, nesta terça-feira, consternação pela morte do deputado Mendes Bartolomeu. O deputado do MPLA morreu, nesta terça-feira, numa...

Empresa de Isabel dos Santos impugna nacionalização de Efacec

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, anunciou ter apresentado uma acção de impugnação da decisão do Governo português de...

Notícias relacionadas

Covid-19: Laboratório de RTPCR de Benguela avariado

Duas mil amostras estão pendentes devido a uma avaria registada no único laboratório de testagem da Covid-19 (RTPCR) de Benguela, que atende a região...

Garimpeiros morrem soterrados em Chipindo

Um desabamento de terra em minas ilegais de exploração de ouro provocou a morte de três garimpeiros no município de Chipindo, que dista a...

MPLA lamenta morte do deputado Mendes Bartolomeu

O Secretariado do Bureau Político do MPLA, manifestou, nesta terça-feira, consternação pela morte do deputado Mendes Bartolomeu. O deputado do MPLA morreu, nesta terça-feira, numa...

Empresa de Isabel dos Santos impugna nacionalização de Efacec

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, anunciou ter apresentado uma acção de impugnação da decisão do Governo português de...

Serena “escuta” o tendão de Aquiles e decide abandonar Roland Garros

Serena Williams optou por desistir do torneio de Roland Garros pouco antes de enfrentar a búlgara Tsvetana Pironkova e volta a perder a oportunidade...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.