- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Tribunal de Luanda condena 10 funcionários dos CFL por desobediência às autoridades

Tribunal de Luanda condena 10 funcionários dos CFL por desobediência às autoridades

Dez funcionários dos Caminhos-de-Ferro-de-Luanda (CFL) foram terça-feira julgados e condenados pelo Tribunal Provincial de Luanda na pena única de seis meses de prisão, com pena suspensa, por crime de desobediência às autoridades, escreve a Angop.

Segundo o acórdão, foram condenados os cidadãos Lourenço Domingos Vaz Contreiras, Vicente Eduardo, Dissoleca Quaqueca, Agostinho Francisco Domingos, Fernando Quiacume, Mauro LengueLobito, Vaz da Conceição Santana, Pedro PerdidoMussandi, Aguinaldo Daniel Salvador Cornelio e Damasio Kikassa.

Na ocasião, a juíza da causa Fernanda de Deus Otávio sublinhou que o tribunal entendeu converter a pena em multas no valor de 25 mil kwanzas por cada réu.

Em declarações à imprensa, no final da audiência, o advogado de defesa dos réus, Santana Manuel Francisco, discordou da decisão do tribunal, adiantando que não foram produzidas provas materiais para condenar os acusados.

“É hora de se respeitar a Constituição. Não foram apresentadas provas materiais como fotografias dos acusados na linha férrea, facto muito mau porque os réus foram privados da sua liberdade durante 24h00”, lamentou.

Os cidadãos ora condenados foram detidos na manhã de segunda-feira, na Estação dos Musseques (Distrito Urbano do Rangel), durante uma acção em que tentavam impedir a marcha do comboio na zona do túnel do Cazenga, onde se colocaram deitados na linha férrea, factor que obrigou a rápida intervenção policial, com o intuito de repor a ordem e tranquilidade públicas.

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...
- Publicidade -

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Notícias relacionadas

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Mali: Presidente e vice-presidente de transição já tomaram posse

Esta sexta-feira, no Mali, vão tomar posse o novo presidente de transição, o general na reserva Bah N’Daw, e o novo-vice-presidente, o coronel Assimi...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.