- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Caraíbas Cuba denunciada por alegada ″escravatura″ de médicos

Cuba denunciada por alegada ″escravatura″ de médicos

O ex-presidente cubano Raul Castro e o actual presidente, Miguel Diaz-Canel, entre outras altas autoridades da ilha, foram denunciados perante o Tribunal Penal Internacional (TPI) por “crimes contra a humanidade de escravidão”, anunciou nesta terça-feira (14) na OEA as entidades que apresentaram o caso.

De acordo com a AFP, a associação cubana Cuban Prisoners Defenders (CPD) e a ONG Cubana União Patriótica de Cuba (Unpacu) apresentaram a queixa na semana passada ao gabinete do procurador do TPI, que já reconheceu a recepção formal da petição, informaram representantes da CPD numa conferência de imprensa na sede da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Castro, Diaz-Canel e os ministros cubanos José Ángel Portal (Saúde), Rodrigo Malmierca (Comércio Exterior), Bruno Rodríguez (Relações Exteriores) e Margarita González (Trabalho), foram denunciados por “crimes contra a humanidade de escravidão, perseguição e outros actos desumanos”, disse Javier Larrondo, fundador da CPD, e co-fundador e representante para a União Europeia (UE) da Unpacu.

Larrondo disse que a queixa também foi encaminhada a vários comités e agências das Nações Unidas, particularmente o Escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos (ACNUDH) e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, que organizou a conferência no quadro de sua ofensiva lançada em Dezembro passado para dar “visibilidade” à “ditadura” cubana, alertou sobre a normalização de uma situação que implica “sofrimento e angústia”.

– “Controle e medidas repressivas” –

O processo apresentado ao TPI refere-se às chamadas “missões de internacionalização” implementadas por Havana há décadas, para as quais médicos e outros profissionais são enviados por períodos de três anos para trabalhar em diferentes países, que pagam directamente ao governo cubano os serviços recebidos.

De acordo com o documento de 350 páginas apresentado ao TPI e publicado na terça-feira, Cuba, sob o regime comunista desde 1959, impõe severas condições àqueles que participam dessas missões, e que não o fazem voluntariamente.

O texto detalha “submissão, controle e medidas repressivas” pelas autoridades, bem como a retenção de pelo menos 75% e até 89% do salário dos profissionais, separação familiar forçada, ameaças, assédio sexual, violência “frequente”, doutrinação política e obrigação de fazer proselitismo.

Cuba não é signatária do Estatuto de Roma, o documento fundador do TPI em 1998, mas os demandantes afirmam que a Corte tem jurisdição sobre os crimes contra a humanidade que atribuem às autoridades cubanas, porque ocorreram e ocorrem em países que são membros.

Nos últimos três anos, pelo menos 58 Estados-partes do Estatuto de Roma receberam “missões” cubanas, de acordo com a acção.

A grande maioria são latino-americanos, africanos e caribenhos, mas também há cinco países da UE (Espanha, Itália, Portugal, Suíça e Malta).

- Publicidade -
- Publicidade -

Linha “SOS-Criança” regista mais de duzentas mil denúncias

A linha “SOS-Criança”, para denúncia de casos de violação dos direitos dos menores, registou em todo o país, no período de 16 de Junho...
- Publicidade -

Violência regressa às ruas de Louisville depois da justiça não acusar polícias na morte de Breonna Taylor

Mais uma noite violenta na cidade americana de Louisville, no Estado de Kentucky, com dezenas pessoas detidas e dois polícias baleados, depois de um...

“Ordem Moral” de Mário Barroso, estreia em França a 30 de Setembro

"Ordem Moral" é a quarta longa-metragem de Mário Barroso, e conta a história verídica, mas ficcionada, de "uma mulher livre" Adelaide Coelho da Cunha,...

Putin tem nomeação enviada ao Prémio Nobel da Paz

O escritor russo Sergei Komkov afirmou ter enviado um pedido de nomeação de Putin para o Prémio Nobel da Paz de 10 de Setembro...

Notícias relacionadas

Linha “SOS-Criança” regista mais de duzentas mil denúncias

A linha “SOS-Criança”, para denúncia de casos de violação dos direitos dos menores, registou em todo o país, no período de 16 de Junho...

Violência regressa às ruas de Louisville depois da justiça não acusar polícias na morte de Breonna Taylor

Mais uma noite violenta na cidade americana de Louisville, no Estado de Kentucky, com dezenas pessoas detidas e dois polícias baleados, depois de um...

“Ordem Moral” de Mário Barroso, estreia em França a 30 de Setembro

"Ordem Moral" é a quarta longa-metragem de Mário Barroso, e conta a história verídica, mas ficcionada, de "uma mulher livre" Adelaide Coelho da Cunha,...

Putin tem nomeação enviada ao Prémio Nobel da Paz

O escritor russo Sergei Komkov afirmou ter enviado um pedido de nomeação de Putin para o Prémio Nobel da Paz de 10 de Setembro...

Portugal regista mais 3 mortes e 691 casos de covid-19

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de um total de 1.931 mortes e 71.156 casos de covid-19 em Portugal desde...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.