Radio Calema
InicioEconomiaAGT encoraja denúncia de má postura dos seus funcionários

AGT encoraja denúncia de má postura dos seus funcionários

O director da Sexta Região Tributária da Administração Geral Tributária, Milton da Costa, exortou hoje, quarta-feira, em Ondjiva, os agentes económicos a denunciarem as más práticas dos funcionários do sector no exercício das suas actividades.

segundo avança Angop, o responsável teceu essas considerações na cerimónia de entrega de certificados aos 89 empresários e empreendedores de 53 empresas na província, participantes na formação sobre tributação, no âmbito da campanha de sensibilização educativa do pagamento obrigatório de impostos.

Fez saber que nos últimos tempos, registou-se queixas sobre a má prestação da AGT por alguma atitude nada abonatória dos funcionários, denunciada pelos agentes económicos.

Segundo disse, essas denúncias ajudam a identificar as irregularidades, corrigir às más acções e elevar a qualidade dos serviços prestados à população.

A AGT a nível da Sexta Região, através do seu departamento dos serviços fiscais tem um plano ambicioso que passa por conferência e ciclos de formações dirigido aos empresários sobre os conceitos básicos de fiscalidade que muitos ainda desconhecem.

Na ocasião, a vice-governadora para o sector político, social e económico no Cunene, Suraya Mateus Kalongela, sublinhou que a iniciativa da AGT constitui uma tarefa importante por despertar os contribuintes das obrigações fiscais.

Suraya Kalongela sublinhou que com estes conhecimentos os empresários e empreendedores terão uma visão mais consolidada na sua relação com a AGT e terão um espírito patriótico no cumprimento do pagamento de impostos.

Durante a formação, os participantes abordaram temas sobre diferença entre taxas, impostos e tributos, impostos vigentes em Angola, calendário fiscal, consequência do não pagamento de impostos no período estipulado e a garantia dos contribuintes.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.