Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Tribunal do Cuanza Norte absolve acusados de queima de viaturas

CUANZA NORTE: VIATURAS CARBONIZADAS POR MARGINAIS NA CIDADE DE NDALATANDO (FOTO: LUCAS LEITÃO)

O Tribunal Provincial do Cuanza Norte absolveu segunda-feira, por falta de provas, quatro cidadãos acusados de incendiarem 30 viaturas particulares nas artérias da cidade de Ndalatando, no período de Abril de 2018 à Fevereiro do ano em curso, informa a Angop.

Trata-se de Filipe Estêvão Ferreira, Pedro Azevedo, Joaquim da Costa Zangui e António André Pereira, detidos em finais de 2018, na sequência de várias operações policiais à volta de crimes de fogo posto e associação criminosa.

Na ocasião, os advogados e familiares consideraram a medida justa e acertada, pois em nenhum momento ficou provado o envolvimento dos mesmos na prática dos crimes de que eram acusados, devendo a polícia continuar a trabalhar para apurar e deter os verdadeiros culpados.

Por seu turno, alguns cidadãos que viram a suas viaturas incineradas referiram que aguardavam por um desfecho que garantisse o ressarcimento dos prejuízos sofridos e questionam as circunstâncias em que os suspeitos foram detidos pelos Serviços de Investigação Criminal para depois acabarem absolvidos pelo tribunal.

Para tal, apelaram o reforço das acções policiais visando prevenir que situações similares voltem a ocorrer na cidade de Ndalatando, pois muitos dos cidadãos visados tiveram de recorrer ao crédito bancário para comprar as viaturas que foram alvo de incineração e que deverão ser pagas sem contudo os proprietários usufruírem plenamente das mesmas.

Cuanza Norte é uma província situada no extremo Oeste de Angola e a 190 quilómetros de Luanda (capital do país). Tem como sede a cidade de Ndalatando e conta com dez municípios, que compreendem uma extensão territorial de 20 mil 252 quilómetros quadrados.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »