Portal de Angola
Informação ao minuto

Futebol feminino carece de oportunidades

SELECÇÃO FEMININA DE FUTEBOL (FOTO: VIEIRA AFONSO)

Angola precisa competir ao mais alto nível, quer internamente quer internacionalmente, por forma a mostrar as suas potencialidades e assim voltar a merecer a ajuda financeira da CAF para os projectos do futebol feminino, considerou hoje a antiga internacional angolana Irene Gonçalves.

Em declarações à Angop, para abordar a participação da selecção nacional na Taça Cosafa, a ex-capitã admitiu que o país parou no tempo, relativamente ao seu fomento, o que anulou o financiamento por parte da Confederação Africana de Futebol aos projectos do futebol feminino.

“Alguma coisa tem sido feita, sobretudo na formação, mas é preciso voltarmos a competir ao mais alto nível no país e internacionalmente de maneira regular, como forma de mostrar a nossa qualidade”, defendeu a antiga jogadora do Progresso do Sambizanga.

A futebolista que se despediu dos relvados em 2012 realçou existir no país muitas jovens com talento e qualidade para a prática da modalidade, mas os apoios não são suficientes para aquilo que se pretende.

A também conhecida como “demolidora” na família do futebol nacional aplaude aqueles que, apesar das dificuldades, continuam a dar o seu contributo, e apelou à Federação Angolana de Futebol(FAF) a dinamizar o feminino tal como faz com os masculino.

Na última semana, Irene Gonçalves foi agraciada com um diploma de mérito do Comité Olímpico Internacional (COI) pelo trabalho que tem desenvolvimento em prol do futebol feminino no país, antes como jogadora e agora nas vestes de dirigente, ao serviço do 1º de Agosto.

Angola compete, de 31 de Julho a 15 de Agosto, na Taça Cosafa, prova a decorrer na cidade sul-africana de Port Elizabeth.

Para esta operação integram a pré-selecção nacional 44 atletas, sob comando técnico do antigo internacional do 1º de Agosto Maninho Loidy, coadjuvado por Verónica Miguel (Veró) e Lurdes Lutonda.

A preparação inicia dia 7, no campo Nicola Berardinelli.

Na primeira presença na Taça Cosafa, na Zâmbia em 2006, Angola não passou da fase de grupos. Já em 2008, edição realizada na província angolana de Malanje, a selecção nacional conquistou a medalha de prata, ao perder na final para a África do Sul, por 1-3.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »