Portal de Angola
Informação ao minuto

Apoiantes dos partidos com acordo de incidência parlamentar pedem nomeação de primeiro-ministro em Bissau

Eles prometem mais protestos (DR)

VOA | Lassana Cassamá

Os partidos que assinaram um acordo de incidência parlamentar após as eleições legislativas de 10 de Março na Guiné-Bissau, PAIGC, APU-PDGB, a União para Mudança e o Partido Nova Democracia, saíram às ruas da capital nesta terça-feira, 14, para exigir a nomeação de um novo primeiro-ministro, à luz dos resultados eleitorais.

Na marcha que ocupou toda uma das faixas da avenida principal da capital guineense, os protagonistas prometem continuar os protestos até que o Presidente José Mário Vaz nomeie um primeiro-ministro, que deverá forma o novo Governo.

Líderes daqueles partidos disseram que nenhum país do mundo poder ser desenvolvido com o narcotráfico ou terrorismo, daí a necessidade da constituição de um Governo.

Para os manifestantes, José Mário Vaz, não tem outra alternativa, senão nomear novo Chefe do Governo.

“Chamamos a atenção ao Presidente da República porque não pode desafiar este povo porque este povo é mais forte que ele”, defendeu o secretário-geral da Juventude do PAIGC, Dionísio Pereira.

A manifestação coincide com o primeiro dia da segunda vaga da greve geral na Administração Pública guineense, convocada pelas duas centrais sindicais do país, que continuam a exigir, respectivamente, o aumento e o pagamento de salários em atrasos.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »