- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Lisboa é a sexta cidade mundial mais procurada para congressos internacionais

Lisboa é a sexta cidade mundial mais procurada para congressos internacionais

O diretor-geral da Associação Turismo de Lisboa revelou que a capital “acolheu 50% dos eventos que se realizaram em Portugal”, mas que se considerar “a região de Lisboa, a percentagem sobre para 55%” sendo que isso contribuiu “para que o país tenha obtido um excelente lugar no ranking internacional”.

De acordo com o Jornal Económico, a capital portuguesa ocupou o sexto lugar na lista da International Congress & Convention Association (ICCA), que classifica várias cidades do mundo em termos de receção de congressos internacionais, revelou a Associação Turismo de Lisboa esta segunda-feira.

A nova posição representa uma subida de três lugares na classificação de Lisboa. Assim, a capital assiste ao reforço da sua posição como um destino atrativo para acolher eventos de grande dimensão neste segmento, como é exemplo a Web Summit que acolheu mais de 70 mil pessoas em 2018.

De acordo com os dados divulgados pela ICCA, conseguiu superar cidades como Londres e Singapura, embora o ranking tenha sido liderado por Paris. O diretor-geral da Associação Turismo de Lisboa, Vítor Costa, afirmou que Lisboa em “um posicionamento internacional invejável em matéria de Congressos e eventos similares”, que por sua vez contribuem “para uma boa rentabilidade do turismo, dado o maior peso deste produto em termos económicos”.

O diretor-geral considerou que “a cidade de Lisboa acolheu 50% dos eventos que se realizaram em Portugal”, mas que “se considerarmos a região de Lisboa, a percentagem sobre para 55%” e isso contribuiu “para que o país tenha obtido um excelente lugar no ranking internacional”.

Vítor Costa realçou que os resultados alcançados “tornam mais atual a proposta que tem vindo a ser feita nos sucessivos Planos Estratégicos do Turismo”, que passam pela criação de um grande centro de congressos “capaz de acolher os congressos de grande dimensão”, sendo que atualmente “dificilmente se realizam em Lisboa por insuficiência dos equipamentos existentes”.

- Publicidade -
- Publicidade -

Investigação do Consórcio de Jornalistas: Grandes bancos facilitam branqueamento de capitais

Uma análise a documentos confidenciais produzidos por vários bancos nos Estados Unidos e enviados à agência federal FinCEN mostram como grandes bancos facilitaram o...
- Publicidade -

“Num país massacrado pela Guerra Civil, o coronavírus é só mais um assassino”

Os últimos cinco anos têm sido devastadores para o Iémen. A Guerra Civil deixou o país ainda mais pobre e mal equipado para lidar...

Covid-19: Guiné-Bissau quer aumentar testagem da população

A Alta Comissária para a Covid-19 no país, Magda Robalo, afirma ter um "optimismo cauteloso" sobre a evolução da doença, mas pretende aumentar o...

Por medo da covid-19, time de futebol alemão perde por 37 a 0

Atleta adversário tivera contacto com infectado menos de duas semanas antes. Para evitar multa por não comparecimento, equipe de liga regional enviou apenas sete...

Notícias relacionadas

Investigação do Consórcio de Jornalistas: Grandes bancos facilitam branqueamento de capitais

Uma análise a documentos confidenciais produzidos por vários bancos nos Estados Unidos e enviados à agência federal FinCEN mostram como grandes bancos facilitaram o...

“Num país massacrado pela Guerra Civil, o coronavírus é só mais um assassino”

Os últimos cinco anos têm sido devastadores para o Iémen. A Guerra Civil deixou o país ainda mais pobre e mal equipado para lidar...

Covid-19: Guiné-Bissau quer aumentar testagem da população

A Alta Comissária para a Covid-19 no país, Magda Robalo, afirma ter um "optimismo cauteloso" sobre a evolução da doença, mas pretende aumentar o...

Por medo da covid-19, time de futebol alemão perde por 37 a 0

Atleta adversário tivera contacto com infectado menos de duas semanas antes. Para evitar multa por não comparecimento, equipe de liga regional enviou apenas sete...

O fotógrafo mais vigiado da Alemanha Oriental

Ao documentar extensivamente a vida na RDA, Harald Hauswald teve todos os seus passos monitorados pela Stasi, a polícia secreta da ditadura comunista. Seu...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.